Matérias Mais Lidas

João Gordo: ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de pela sacoJoão Gordo
Ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de "pela saco"

Rodox: quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezandoRodox
Quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezando

Raimundos: Digão revela que recebeu proposta astronômica para reunião com RodolfoRaimundos
Digão revela que recebeu proposta "astronômica" para reunião com Rodolfo

Cavalera Conspiracy: Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceriaCavalera Conspiracy
Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceria

Sepultura: Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em Roots Bloody RootsSepultura
Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em "Roots Bloody Roots"

Iron Maiden: a reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce DickinsonIron Maiden
A reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce Dickinson

Iron Maiden: banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021Iron Maiden
Banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021

Michael Sweet: um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David EllefsonMichael Sweet
Um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David Ellefson

Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi
Resenha - Vera Cruz - Edu Falaschi

Kiss: Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólaresKiss
Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólares

KK's Priest: banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbumKK's Priest
Banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbum

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Sebastian Bach: quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-loSebastian Bach
Quando o pai do Bon Jovi ameaçou matá-lo


Stamp
Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral

Anal Cunt: Seth Putnam fala de seu vício em drogas e álcool

Por Andras Ellendersen
Fonte: Blabbermouth
Em 14/06/11

Seis meses antes de sua morte, Seth Putnam do ANAL CUNT deu uma longa entrevista ao hellbound.ca. Putnam discutiu seus pensamentos sobre a morte; porque ele ainda usava drogas e álcool após passar por um coma; e o que talvez pudesse ser escrito em sua lápide. Confira abaixo trechos da entrevista.

Hellbound.ca: Sua overdose e seu coma em 2004 foram bem documentados. Como sua vida mudou desde que você passou por isso e foi hospitalizado, ou sua vida mudou de alguma forma?

Seth Putnam: Eu acordei do coma e não conseguia mover nenhuma parte do meu corpo por um longo período de tempo. Eu não conseguia andar bem. Quando eu estava no hospital, os médicos descobriram que eu estava depressivo e me colocaram em anti-depressivos. Então talvez seja a melhor coisa que já me aconteceu, pois não estou mais depressivo sempre e não quero me matar o tempo todo. Neste momento, estou usando Celexa. Eles inicialmente me colocaram em Prozac e então me trocaram para o Celexa.

Hellbound.ca: Agora que você está sob anti-depressivos, você parou de usar drogas ou beber?

Seth Putnam: Não. Eu não posso ficar muito doido como eu ficava antes do coma porque eu não consigo aguentar. Mas eu ainda uso muito. Eu ainda posso me acabar com bebida e álcool. Mas eu não faço isso tanto assim. Então talvez possa ser uma dose de heroína ou de cocaína, ou uma dose de bebida alcóolica. Qualquer coisa possível.

Hellbound.ca: Depois que você saiu do coma e começou a se recuperar, você alguma vez já pensou em mudar a sua vida? Isso não estava no destino?

Seth Putnam: No minuto em que acordei, pedi a minha namorada para ir à loja de bebidas alcoólicas. Ela não queria ir e eu fiquei tipo, "Pare de ser um saco e vá para a loja de bebidas." Então eu disse, "Me tire da cama e eu mesmo irei," e eu percebi que não podia mover nenhuma parte do meu corpo. Depois de sair do hospital, meus amigos me levaram em uma cadeira de rodas para um bar. O dia mais legal desde então foi quando eu fumei um monte de crack. Foi a primeira vez que usei crack em quase um ano.

Hellbound.ca: Se você ouve alguém dizer que você é maluco ou idiota por continuar a usar drogas e a beber depois do que aconteceu, como você responde?

Seth Putnam: Bom, assim que eu saí, eu afundei em drogas novamente. Agora estou mais no controle de mim mesmo. Eu fui nessa coisa chamada administração da redução de danos. Aprendemos a não nos acabar toda hora. Acho que eu descobri como manter o controle de mim mesmo, coisa que eu não podia fazer antes do coma.

Hellbound.ca: Seus amigos se preocupam com você poder acabar como um G. G. Allin (que morreu de overdose), e com o fato de que talvez você não seja tão sortudo da próxima vez?

Seth Putnam: Metade dos meus amigos usam drogas e a outra metade anda na linha. Meus amigos corretos entendem o que eu sou. Eles se preocupam comigo, mas entendem que eu farei o que eu farei. Agora eu sei como me controlar então não vou chegar a uma overdose. Não vou me colocar nessa posição porque eu não quero que meu corpo fique f*dido novamente.

Hellbound.ca: Seu amigo John McCarthy do POST MORTEM se foi há alguns anos atrás. Você ficou surpreso que ele morreu e você ainda está aqui apesar do que fez?

Seth Putnam: Ele estava com problemas e ficando bêbado com Listerine e coisas deste tipo. Mas eu fiquei surpreso quando ele morreu. A coisa mais estranha era que ele era um avô aos 40 anos. Mesmo quando ele teve seu primeiro filho eu havia achado estranho. Ele foi um dos meus melhores amigos de todos os tempos. Eu poderia dizer coisas ruins sobre ele mas eu não vou porque as coisas boas predominam sobre as coisas ruins. Em 2008, tocamos em um show na Califórnia com o ANAL BLAST e THE MEAT SHITS. As pessoas estavam apostando em quem ia morrer primeiro, eu ou Don Decker do ANAL BLAST. Don morreu tipo um ano depois.

Hellbound.ca: Quando você morrer, o que estará escrito em sua lápide?

Seth Putnam: Eu não tenho idéia. Depende de quem escreverá. Espero que não seja alguém gay.

Agradecimentos: Samuel Coutinho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

MOPD
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Blend Guitar: em vídeo, as dez bandas mais bizarras de todos os temposBlend Guitar
Em vídeo, as dez bandas mais bizarras de todos os tempos

Blender: as letras mais repulsivas do Heavy MetalBlender
As letras mais repulsivas do Heavy Metal


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Andras Ellendersen

Nascido em Curitiba-PR, é um grande fã de rock, metal, jazz e música clássica. Cresceu numa família de músicos eruditos, mas demonstra um maior interesse pelo metal, mais especificamente metal progressivo, death e folk metal. Seus artistas preferidos são Opeth, Persefone, Týr e Rush.

Mais matérias de Andras Ellendersen no Whiplash.Net.