Slayer: "o Metallica tem que fazer um disco melhor!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Kerrang!, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A Revista semanal inglesa KERRANG!, em sua edição 1237, de novembro passado, intermediou perguntas entre os fãs e leitores da revista com TOM ARAYA e KERRY KING, baixista/ vocalista e guitarrista, respectivamente, do SLAYER. Os fãs tiveram liberdade total para elaborar o conteúdo das perguntas, e as questões foram escolhidas via sorteio. O que segue é a tradução da matéria na íntegra.

4633 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosBizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James Dio

Há algo estranhamente normal nos dois homens presentemente ocupando um quarto dentro de um dos hotéis mais badalados do lado Oeste de Londres. Em apenas algumas horas, estes mesmo indivíduos irão apresentar-se num palco do Hammersmith Apollo em frente de 4 mil pessoas, mandando canções sobre tudo desde os perigos da guerra até as escuras entranhas da religião. Mas agora, enquanto eles bebem chá e assistem enormes telas de televisão adornando as paredes, esses dois homens de meia-idade quase que poderiam ser qualquer pessoa no mundo.

“Isso não é muito Metal, né?”, ri o frontman do SLAYER Tom Araya, sentado sozinho num sofá próximo enquanto o guitarrista Kerry King gasta o piso. “Eu vou tentar parecer um pouco mais assustador na entrevista. Eu não iria querer que as pessoas pensassem que não há absolutamente nenhuma chance de eu assassina-las!”

Por um quarto de século, a dupla liderou uma das bandas de Metal mais controversas e amadas do mundo. Mas enquanto eles têm encarado e superado desafios que iriam descarrilar muitas bandas – de inúmeros protestos contra shows até o banimento do último disco “Christ Illusion” na Índia – hoje eles estão prontos para enfrentar sua tarefa mais difícil até hoje: responder questões de vocês.

“Eu aposto que há muitas questões sobre a merda que eu me envolvi ao longo dos anos, certo?” pergunta King com um sorriso cínico. “Pra ser honesto, eu ficaria meio que desapontado se não houvesse.”

Só há uma maneira de saber, cavalheiro...

QUANDO VOCÊS COMEÇARAM, VOCÊS POR ALGUMA VEZ PENSARAM QUE APÓS TANTOS ANOS VOCÊS TERIAM SE TORNADO UMA DAS BANDAS MAIS ADORADAS DO MUNDO?

Kerry King: “Não exatamente. No começo a gente só queria passar de show em show, de disco pra disco e de turnê pra turnê. A gente tem lançado discos por 25 anos já, mas eu ainda não nos considero nem próximos do patamar de bandas com o BLACK SABBATH, IRON MAIDEN ou JUDAS PRIEST”.

Tom Araya: “Eu nunca nem achei que a gente chegaria a 25 anos. Tudo que eu sempre sonhei era lançar um compacto!”

O KERRY PLANEJA PARAR DE SE TATUAR UM DIA?

Kerry: “Ainda tenho muito espaço! Na verdade eu tenho minha própria cadeira de tatuagem em minha casa, então quando tatuadores amigos meus vão lá eu tento pensar em algo que eu gostaria que eles fizessem. Eu já estou planejando minha próxima, que vai ser o Anjo da Morte do filme Hellboy 2.”

KERRY, QUAL FOI A DA SUA TRETA COM ROB FLYNN (MACHINE HEAD)?

Kerry: “A gente caiu numa guerra verbal, e eu não sou de pedir arrego. Eu não sei o que eu disse pra ele se irritar, porque eu sempre considerei o MACHINE HEAD muito bem. A gente levou eles na primeira porra de turnê deles, pelo amor de Deus! Tá tudo bem agora, entretanto. Tão logo possamos alinhar nossas programações, tenho certeza que excursionaremos juntos de novo”.

TOM, DIZEM QUE VOCÊ É MEIO CHEGADO NUMA ERVA. VOCÊ FUMA TANTO QUANTO O KERRY BEBE?

Tom: “De jeito nenhum! Kerry bebe muito então se eu quisesse acompanhar ele no fumo eu não estaria fazendo essa entrevista agora, eu estaria dormindo em algum canto perdendo tudo quanto é compromisso que eu tenho!”

É VERDADE QUE DEPOIS DO PRÓXIMO DISCO O SLAYER VAI PENDURAR AS CHUTEIRAS?

Kerry: "Acho que não. Muitas pessoas podem presumir isso porque a gente não fez muita coisa no último ano, mas desde que começamos a nos apresentar de novo, eu tô curtindo muito. Estamos planejando lançar um disco em 2009, e eu posso facilmente nos ver lançando um ou dois depois disso”.

Tom: “Nós sempre fomos uma banda que vive dia após dia, e eu acho que vamos continuar até que alguém diga que eles não curtem mais isso”.

EU SOU UM FÃ DO DVD AO VIVO ONDE LITERALMENTE CHOVE SANGUE DURANTE O BIS. QUAL O GOSTO DE SANGUE FALSO?

Kerry: “Xarope de milho! È basicamente isso. Sinto muito, mas não é lá grande coisa!”

Tom: “A parte triste é que mesmo que quiséssemos fazer isso de novo, nós não conseguiríamos. Nosso antigo lugar de ensaio foi arrombado alguns anos atrás e eles roubaram tudo, inclusive o mecanismo de chuva”.

SE VOCÊ PUDESSE SER DEUS POR UM DIA, O QUE VOCÊ FARIA PARA TORNAR O MUNDO UM LUGAR MELHOR (...OU PIOR)?

Tom: “Eu mijaria em tudo! Eu acho que isso realmente tornaria o lugar melhor”.

Kerry: “Essa é uma pergunta difícil de responder porque eu não acredito em Deus! Uma vez que eu não existo seria muito difícil que as pessoas ouvissem o que eu tenho a dizer”.

TOM TEM SIDO VISTO VESTINDO UMA CAMISETA DO BOB ESPONJA. QUAL È SEU PERSONAGEM DE DESENHO ANIMADO FAVORITO DE TODOS OS TEMPOS?

Tom: “Eu teria que dizer que o Tom & Jerry original. Qualquer coisa até os anos 60 é muito legal. A maioria das coisas depois disso é pura merda!”

A TRETA DO KERRY COM O DAVE LOMBARDO É UNIVERSALMENTE CONHECIDA ENTRE OS FÃS. COM AS IDAS E VINDAS DE PAUL BOSTAPH, O QUE ACONTECEU PARA FAZER DAVE LOMBARDO VOLTAR AO TRONO?

Kerry: “Isso na verdade foi idéia do nosso guitarrista Jeff Hanneman. O Paul me ligou e disse que ele ia sair de novo, o que eu ainda não entendo, e de cara o Jeff disse que a gente tinha que ligar pro Lombardo. Ele sentiu que o Dave era a única pessoa que poderia dar conta do recado. Então a gente ligou pra ele, fez uma penca de shows com ele e todo mundo decidiu que seria melhor que ele ficasse de vez. Eu não acho que ninguém pode argumentar que não foi a melhor coisa que poderíamos ter feito, sejam os membros da banda, sejam os fãs".

SE VOCÊ DESCOBRISSE QUE TINHA APENAS MAIS UM DIA DE VIDA, COMO VOCÊ O PASSARIA?

Kerry: “Comendo minha mulher e bebendo um monte, provavelmente!”

Tom: “Eu o passaria com minha família. Eu sei que não é muito Metal, mas é a honesta verdade.”

SE VOCÊS FOSSEM CHAMADOS PRA FAZER UMA TURNÊ MUNDIAL COM O METALLICA, ANTHRAX E MEGADETH COMO PARTE DE UMA TURNÊ DE NOSTALGIA DOS QUATRO GRANDES DO THRASH METAL, VOCÊS FARIAM?

Kerry: “A gente teria que estabelecer algumas coisas, mas pra ser honesto eu não acho que o METALLICA entraria nessa. Eles não precisam de bandas como nós. Eles precisam de bandas pelas quais não precisam pagar muito dinheiro. Eles estão acostumados a ficar com todo o lucro sem precisar dividi-lo”.

Tom: “O Metallica tem que fazer um disco melhor! Se eles fizerem isso, então talvez saiamos em turnê com eles.”

COMO CRISTÃO, O TOM AINDA SE SENTE À VONTADE CANTANDO MÚSICAS SOBRE SATÃ?

Tom: “Sim, porque a maioria é realmente bem escrita! Algumas dessas canções são uma merda, mas muitas delas são realmente boas. Eu não vou parar de tocá-las apenas por causa de alguns versos com os quais eu possa não concordar inteiramente.”

HÁ ALGUMA CHANCE DO SLAYER VOLTAR A USAR MAQUIAGEM?

Tom: “Acho que não. A gente só fazia isso porque era o que parecia certo na época. A gente provavelmente pareceria bobo se começássemos a fazer isso de novo.”

Kerry: “A gente ia parecer uns otários. Não que não parecêssemos otários antes!”

QUAL A COISA MAIS INCRÍVEL DE ESTAR NO SLAYER?

Kerry: “Ter credibilidade. Isso é algo que nós tivemos que conquistar, e eu acho que o fato de que nós mantivemos isso depois de mais de 20 anos excursionando pelo mundo é algo do qual podemos nos orgulhar.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Hetfield e UlrichHetfield e Ulrich
O claro e o escuro do Metallica part. 1

MetallicaMetallica
Os dragões Hetfield e Ulrich no mundo da Disney

MetallicaMetallica
Joguem este processo no lixo, dizem para banda cover

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Bizarre MagazineBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio

HumorHumor
Você está ouvindo rock progressivo demais quando...

Iron MaidenIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

5000 acessosMike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosPizza: como ser True-Metal-From-Hell na hora de pedir uma5000 acessosDave Lombardo: "não gosto que falem merda sobre Lars"5000 acessosMegadeth: "Dystopia" não seria tão bom com Menza e Friedman

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online