Anette Olzon: "fiz um trabalho dos infernos no Nightwish"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Arianne Cordeiro, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

A revista do Reino Unido Kerrang! conduziu uma breve entrevista com a vocalista do NIGHTWISH, Anette Olzon, para sua edição "Xmas Rock" de dezembro de 2008. Em um trecho, a vocalista comenta sobre seu trabalho na banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kerrang!: 2008 – festa que abalou ou que não deu certo?

Anette: "Tem sido um misto dos dois. Eu tenho gostado de ver tantas partes diferentes do mundo e experimentado diferentes culturas; e fazer shows na América do Sul foi um sonho realizado. Mas é claro, fazer uma turnê pode ser um tanto difícil, e eu ainda sou a mais nova adição a um grupo de pessoas, e isso sempre vai gerar alguns conflitos. Isso faz parte do negócio de estar numa banda deste tamanho. Eu estive muito doente e os pontos mais baixos do meu ano foram quando eu tive que perder alguns shows, o que sempre me frusta muito porque eu odeio desapontar os outros. Eu tive que levar muitas injeções no traseiro, mesmo depois que tocamos no 'Rock Am Ring' eu tive que tomar uma pra poder subir no palco. Mas eu acho que qualquer trabalho deve ter seu lado positivo e seu lado negativo".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kerrang!: Quando você teve a sensação real de ser uma uma Estrela do Rock?

Anette: "Quando estivemos em São Paulo, Brasil, nós tínhamos a polícia para nos levar do hotel para o local do show. Estávamos indo muito rápido entre as quatro vias de tráfego e mudando muito de curso no carro com as sirenes berrando. Parecia um tanto quanto deselegante e eu me lembro de ter pensado, 'Sabe, talvez eu seja uma grande Estrela do Rock agora, e eu não estou totalmente certa se eu gosto disso ou se é um pouco assustador!'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kerrang!: Então você teve que se beliscar muito neste ano?

Anette: "Isso acontece muito! Às vezes eu perco o controle por conta de todos os fãs. Quando eles me conhecem, eles ficam tão nervosos que estão tremendo ou chorando, eu fico tipo, 'Ei, sou só eu!' É tão difícil ver você mesma como a pessoa que todos adoram e procuram."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kerrang!: Do que você mais sente orgulho?

Anette: "Eu tenho muito orgulho de mim mesma porque eu acho que fiz um trabalho dos infernos nessa banda. Eu tenho provado a mim mesma e a outras pessoas como eu sou forte, e que eu posso estar no ponto mais baixo e ainda assim levantar e fazer de novo e de novo. Eu sinto que aprendi a ser forte."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kerrang!: Quem foi o seu herói do ano?

Anette: "Houve muita gente que me inspirou neste ano, mas, é claro, foi muito grande a vitória do [Barack] Obama nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Eu o considero um grande herói porque acho que ele sabe que existem muitas pessoas que vão querer extingüi-lo da face da Terra. Ele é um humanista e as coisas vão realmente mudar agora. Ele pode fazer muita diferença para o mundo, e eu espero que faça".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire


Sobre Arianne Cordeiro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Arianne Cordeiro no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336