Judas Priest: vocalista original relata primórdios

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Babu, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A Stalker Magazine conduziu em 2008 uma entrevista com o vocalista original do JUDAS PRIEST, Al Atkins, que contou histórias sobre os primórdios da banda.

Judas Priest: em 1990, a banda atingia seu ápice com PainkillerVocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por quais bandas passou antes da 1ª formação do JUDAS PRIEST?

Atkins: "No final de 1968 eu estava numa banda que eu chamei de THE CHAPTERS OF LIFE, mas nossa agência achava o nome grande demais e nos renomeou JUG, e já que estavam conseguindo vários shows para nós, eu não reclamei. Uma noite num show, estávamos tocando com SPOOKY TOOTH e SLADE, e então uma banda chamada EVOLUTION, gerenciada pelo empresário do BLACK SABBATH, Jim Simpson, veio falar comigo, e me chamou para uma turnê de três meses ao Marrocos, o que me seduziu, então eu deixei o JUG. Não muito após ter me juntado a eles, Jim Simpson me disse que além de cantar no EVOLUTION, eu também deveria dirigir o ônibus da turnê, então eu o mandei praquele lugar, 'Eu sou um vocalista, não uma porcaria de um roadie', eu disse a ele. E naquela época minha antiga banda havia se separado, então formei outra com alguns membros com os quais eu já havia tocado antes, como John Perry (guitarra), Bruno Stapenhill (baixo) e John Partridge (bateria). Esse foi o começo do JUDAS PRIEST".

Quando o JUDAS PRIEST se formou? Por quanto tempo você esteve com a banda?

Atkins: "JUDAS PRIEST se formou em 1969. Não tive um bom começo porque John Perry (18 anos) se matou. Fizemos audições para um novo guitarrista, e um jovem rapaz que veio era K.K Downing - ou Kenny, como nós o conhecíamos na época- mas ele não tinha experiência e não conseguiu o posto. Quem conseguiu foi um rapaz chamado Ernie Chataway. Nós fizemos uma turnê pela Inglaterra e fizemos algumas gravações demo de algumas das minhas canções e conseguimos um contrato de três anos com a Immediate Records em Londres, mas não muito depois do contrato assinado eles faliram. Nós nos separamos e eu formei o JUDAS PRIEST MK2 em 1970 com KK (guitarra), agora mais experiente, e Ian Hill (baixo). Na bateria tínhamos John Ellis. Após ir pra cima e pra baixo em turnê e abrindo para bandas como BUDGIE, STATUS QUO, BLACK SABBATH e THIN LIZZY - só para dizer alguns nomes - e passando por três mudanças de bateristas, que foram Alan Moore e Chris Campbell, eu eventualmente os deixei em maio de 1973 e fui substituído por Rob Halford".

Essencialmente, você era a força dominante por trás do clássico álbum "Rocka Rolla". Quais foram suas idéias para a gravação dessas faixas clássicas?

Atkins: "Eu era o compositor principal da banda e algumas das canções como 'Winter' foram sobre a turnê na Escócia durante o gélido inverno de 1970 e nós presos numa tempestade de neve à noite, numa montanha e tendo que ser retirados na manhã seguinte. 'Caviar and Meths' era nosso grand finale de 10 minutos quando tocamos ao vivo e era sobre duas pessoas e suas diferentes vidas; uma tinha toda a sorte do mundo e dinheiro, a outra uma dura vida sem nada. O PRIEST encurtou a música 'Rocka Rolla', mas eu não sei o porquê. Eu gravei a versão completa no meu álbum solo 'Heavy Thoughts'. 'Never Satisfied' é sobre as eternas mudanças em nossas vidas. Eu a escrevi em 1972 e Rob a gravou ao vivo no 'Crucible' alguns anos atrás. Também teve uma releitura pela banda de Los Angeles ARMORED SAINT, mas não ouvi a versão deles. K.K estava escrevendo sua primeira canção quando eu os deixei em 1973, chamada 'Run Of The Mill'. Em 'Sad Wings of Destiny' havia duas minhas - 'Dreamer Deceiver' e 'Victim of Changes'. 'Victim' foi feita de duas canções: a minha era 'Whiskey Woman' e a de Rob era 'Red Light Lady', e no fim das contas a banda as juntou e a renomeou, sendo agora um clássico de todos os tempos".

Você gosta das releituras das suas músicas pelo STEEL PROPHET e ARMORED SAINT, além das outras?

Atkins: "Sim, foram releituras brilhantes das minhas velhas músicas que o JUDAS PRIEST fez com que ficassem famosas ao longo dos anos".

Leia a entrevista completa (em inglês) no www.stalker.cd.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Judas Priest"


Judas Priest: em 1990, a banda atingia seu ápice com PainkillerJudas Priest
Em 1990, a banda atingia seu ápice com Painkiller

Judas Priest: "Breaking The Law" em comercial de companhia de seguros

Iron Maiden: Steve Harris não descarta possível turnê com Judas PriestIron Maiden
Steve Harris não descarta possível turnê com Judas Priest

Ozzy Osbourne: anunciadas, de novo, datas remarcadas de turnê com Judas PriestOzzy Osbourne
Anunciadas, de novo, datas remarcadas de turnê com Judas Priest

Megadeth: Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas PriestMegadeth
Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas Priest

Rob Halford: autobiografia sai em outubro de 2020

Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamCuriosidade
5 músicos mais novos que as bandas em que tocam

Big 4 britânico: Halford queria juntar Priest com Maiden, Sabbath e MotörheadBig 4 britânico
Halford queria juntar Priest com Maiden, Sabbath e Motörhead

Judas Priest e Iron Maiden: Rob Halford adoraria ver as bandas juntas em turnêJudas Priest e Iron Maiden
Rob Halford adoraria ver as bandas juntas em turnê

Judas Priest: como surgiu o agudo típico de Rob HalfordJudas Priest
Como surgiu o agudo típico de Rob Halford

Rob Halford: a opinião do cantor sobre o vocal guturalRob Halford
A opinião do cantor sobre o vocal gutural

Judas Priest: a coisa mais estranha que eles autografaramJudas Priest
A coisa mais estranha que eles autografaram


Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

The Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsThe Voice
Candidato faz power metal cantado em português


Sobre Rafael Babu

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Rafael Babu no Whiplash.Net.

adGoo336