Cradle Of Filth: "relação de amor-ódio com muitos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Faria, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A entrevista que gerou a matéria abaixo foi conduzida em outubro de 2007 por Amanda Chamberlain, do In Utah This Week, e nela Dani Filth, frontman do CRADLE OF FILTH, comenta a relação da banda com seus fãs e detratores.

545 acessosCradle Of Filth: Dani Filth finaliza vocais de novo álbum5000 acessosJanick Gers: "Nunca pensei no Iron Maiden como Heavy Metal"

In Utah This Week: Você passa a maior parte do seu tempo na sua cidade natal de Suffolk ou na Índia, onde você também tem uma casa?

Dani: "Na minha cidade natal, onde minha casa principal fica. O lugar na Índia é só para passar um mês por ano na verdade".

In Utah This Week: Ser casado mudou algum aspecto da sua carreira em alguma forma?

Dani: "Não, porque eu e minha esposa estamos juntos desde os 17 anos de idade. Só nos casamos alguns anos atrás. Realmente eu não acho que mudou nada".

In Utah This Week: Sua filha, ela está crescendo para virar uma Metalhead?

Dani: "Sim, mas no momento ela está curtindo dança e teatro, então ela tem que ouvir todas as coisas para dançar. (risos) Ela tem quase nove anos de idade; quase na escola secundária".

In Utah This Week: Ela está bem mais velha agora do que quando tinha chifres de diabo em um DVD do CHILDREN OF BODOM, enquanto bebê. Mas falando dos seus DVDs, é óbvio que todos vocês gostam de causar caos na tour. Qual é a brincadeira mais legal que você já fez?

Dani: Nós voltamos para um hotel depois de um show (na Grécia), onde tocamos com JUDAS PRIEST e MEGADETH, e a equipe estava ocupada desmontando o equipamento e colocando tudo em dois ônibus. Nós tomamos algumas bebidas quando voltamos para o hotel e pensamos que seria uma idéia brilhante encher o elevador com spray de extintores de incêndio. Não imaginávamos que a cabine do elevador era pressurizada. Então quando as portas do elevador abriram, e ele tinha chegado lá embaixo para os caras da equipe o pegarem, a espuma foi pra todo lado. Nosso guitarrista estava no quarto ao lado do nosso, e eu dei uns passos para trás e entrei no quarto dele e deixei o extintor lá para pensarem que foi ele que fez aquilo. Então eu fui pra cama pensando 'ha ha, esta é a trama mais diabólica!' De manhã, eu descobri que alguém tinha sido preso por aquilo; alguém que ficou no quarto ao lado do meu, mas do outro lado, não o lado do guitarrista. Mas não somos mais tão ruins. Nós somos praticamente santos se comparados com essas coisas".

In Utah This Week: Em público, você é reconhecido freqüentemente por fãs?

Dani: "Fui fazer uma tatuagem com Paul Booth umas semanas atrás em New York com minha família e foi estranho porque eu já fui reconhecido nos lugares mais bizarros. Creme para hemorróidas é muito bom para tatuagens, aí eu estava de pé numa loja com um monte de creme para hemorróidas nas mãos e dois fãs chegaram perto de mim. Acontece em casa também, sempre que vamos para um clube ou algo do tipo.

In Utah This Week: Já houve caso de ser seguido por um fanático?

Dani: "Não do tipo de pessoa que segue até a casa, mas já tivemos pessoas nos seguindo em turnê".

In Utah This Week: Você concorda ou discorda que desde o CRADLE OF FILTH ganhou popularidade na cena Metal, mas alguns fãs do gênero ficaram desapontados pela sua presença junto ao mainstream?

Dani: "Temos uma relação de amor-ódio com um monte de gente. Eles ou nos amam ou nos odeiam. Sim, nós nunca poderemos fazer tudo certo a certo grau com um certo número de pessoas. Mas eu acho que nós meio que nos auto-depreciamos, é como se fôssemos ordenados para fazer algo, e sempre fizéssemos outra coisa. É por isso que em cada álbum nós sempre vamos para direções estranhas. Nós temos uma edição especial do 'Thornography' chamada 'Heart of Dark Catharsis' saindo em fevereiro e ele tem sete faixas novas que não colocamos no álbum, algumas são covers. Nós o chamamos de 'Heart of Dark Catharsis' para que nunca mais tenhamos que explicar para ninguém o que o conteúdo da edição especial realmente é. Mas é outro tipo de mudança para outra direção. É antigo (old-school) e muito rápido, porém com ênfase na pegada".

A entrevista completa (em inglês) está neste link.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Cradle Of FilthCradle Of Filth
Piada feita após Kanye West usar camiseta da banda

545 acessosCradle Of Filth: Dani Filth finaliza vocais de novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Cradle Of Filth"

Sexta-feira 13Sexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data

Heavy MetalHeavy Metal
As vozes mais impressionantes segundo a Loudwire

Cradle Of FilthCradle Of Filth
Camisa blasfêmica é um pesadelo para a banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 26 de janeiro de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Cradle Of Filth"

Iron MaidenIron Maiden
Janick Gers não acha que a banda seja de Heavy Metal

BizarricesBizarrices
Ozzy Osbourne, Rolling Stones, The Who e outros

Collectors RoomCollectors Room
Coleção de Metallica com 16 versões apenas do "Ride"

5000 acessosDuff McKagan: Pelado com a esposa em foto para a PETA5000 acessosKiss - Perguntas e Respostas5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica3997 acessosRock And Roll: os 10 melhores álbuns duplos de todos os tempos5000 acessosRoss The Boss: "Eu fui meio demitido do Manowar!"5000 acessosDimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músico

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online