The Gathering: Entrevista exclusiva com Anneke Van Giersbergen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  


Entrevista "The Gathering"

publicidade

Falar com Anneke Van Giersbergen (vocalista do The Gathering) no telefone foi um grande prazer. Ela se mostrou muito atenciosa e até um pouco tímida, mas respondeu tudo com muita paciência (meu inglês está horrível!) e acho que o resultado final foi bastante positivo. A banda acabou de lançar o lindo "Souvenirs" e nessa entrevista falamos um pouco sobre o CD, os planos para o futuro, e como o público de heavy metal reage aos experimentalismos da banda.

publicidade

Por Rodrigo Simas

Whiplash! - Esse novo CD parece ser o mais introspectivo do The Gathering. As letras estão mais emocionais do que nos outros discos. Você é quem escreve as letras, então o que pode me dizer sobre elas?

Anneke / Sim, na verdade você está certo. As letras estão mais pessoais do que nunca, porque falam muito sobre os membros banda, sobre a sociedade e sobre o mundo que nós vivemos... isso tudo tem um efeito em você... você sabe, tivemos muitas coisas acontecendo nos últimos 3 anos... então escrevemos sobre esse processo, as relações humanas e todo esse tipo coisa.

publicidade

Whiplash! - Seguindo essa pergunta, porque então as letras não foram impressas no encarte? Eu acho que é o único CD do The Gathering que não traz as letras...

Anneke / É verdade... quando fizemos o lay-out do CD ele acabou ficando muito legal com o "vazio" no encarte. Geralmente os encartes vêm com tanta informação, e esse estava tão limpo e bonito, que então não quisemos estragá-lo. Obviamente nós achamos que as letras são muito boas, não foi esse o motivo que fez com que elas não fossem impressas no encarte. Além disso, quase todos tem Internet hoje em dia, então fica bem fácil conseguir as letras... nós realmente não quisemos estragar o visual do CD.

publicidade

Whiplash! - Realmente o encarte e a capa são muito bonitos. Vocês parecem se interessar bastante sobre a parte visual do material da banda, desde os CDs, os singles e até mesmo a sua página na internet. Quanto a banda realmente se envolve nesse processo? Vocês fazem parte do processo de criação de todo material gráfico ou vocês deixam isso por conta da gravadora ou de algum designer?

Anneke / Sim... nós fazemos tudo possível... na verdade temos muitas idéias, eu acho muito importante fazer esse aspecto visual do CD... nós geralmente damos o conceito e contratamos alguém para finalizar. Mas inicialmente nós temos as idéias e procuramos imagens e todo esse tipo de coisa...

publicidade

Whiplash! - Vocês estão com sua própria gravadora agora não é? Este novo CD já foi lançado por ela? Existe algum...

Anneke / Sim, sim... é verdade!!!!

Whiplash! - Existem planos para um futuro próximo? Planejam lançar bandas novas?

Anneke / Uhhh... ainda não... devo dizer... nós apenas acabamos de começar, este - o último disco "Souvenirs"- é o primeiro grande lançamento desta nossa pequena gravadora... estamos tendo bastante trabalho, temos que esperar as coisas começarem a andar, entrar algum dinheiro, para depois pensarmos em iniciar outra coisa. Com o passar do tempo e se as coisas derem certo, seria legal lançar novos talentos, de um modo muito decente e honesto. Eu adoro a idéia, mas primeiro temos que dar um tempo.

publicidade

Whiplash! - Falando um pouco sobre o DVD "In Motion". A banda não queria que ele fosse lançado? Você assistiu? Gostou?

Anneke / Foi mais ou menos assim... nós não sabíamos que ia ser lançado porque nossa antiga gravadora, a Century Media, lançou e nós não tivemos nenhum envolvimento na criação desse projeto. Então realmente não temos nada para falar sobre ele. O direito sobre nossas músicas antigas está com a Century Media, então nós não podemos fazer nada a respeito e eles podem fazer o que quiserem com elas. Eu tenho que dizer que acho que poderia ter sido feito melhor. É legal ter... por outro lado... é um documento de uma fase da banda... eu acho que vamos lançar um DVD no futuro com coisas mais recentes.

publicidade

Whiplash! - Na minha opinião cada CD do The Gathering é um passo a frente do anterior. Você acha que o "Souvenirs" segue essa linha... um passo a frente do anterior "If Then Else"?

Anneke / Sim! Eu acho que sim... porque neste novo CD procuramos por novos sons, novas maneiras de gravar e de compor, porque nós gostamos de fazer música contemporânea... e também isso nos dá mais inspiração para escrever novas músicas, não gostamos de repetir fórmulas, obviamente fazer duas vezes a mesma coisa é meio chato... e fácil. Eu realmente acho que nós conseguimos fazer um disco melhor com "Souvenirs" do que havíamos feito anteriormente. É um disco bem diferente na verdade...

Whiplash! - Eu tenho lido algumas resenhas do "Souvenirs", e nas revistas especializadas em Heavy Metal a maioria das pessoas não gostou... estou falando isso em termos de Brasil, não sei como é na Europa... acho que vocês estão atingindo um público mais rock, alternativo, mais na linha do Radiohead, até porque a cada lançamento vocês estão adquirindo novas características e saindo cada vez mais do Heavy Metal. Como isso funciona no resto do mundo? Você acha que o The Gathering está perdendo o público que gosta de heavy metal, ou vocês ainda tem fãs que ouvem esse estilo?

Anneke / Acho que um pouco dos dois... logicamente, existe um grupo de pessoas que gosta de metal e de música gótica que acha que estamos mais leves e todo esse papo... mas ainda tem muita gente que ouve estilos mais extremos que curte a nossa música... acho que hoje em dia nos damos bem nas duas situações... sei que é diferente na América do Sul. É legal porque as pessoas crescem com a gente, elas podem ouvir Slayer e The Gathering ao mesmo tempo, dependendo de como estiverem se sentindo. Eu sei que nós estamos crescendo em outras cenas mais abertas... mas eu acho legal ser conhecido em várias tribos ao mesmo tempo, porque quando fazemos um show você pode ver no público fãs de rock, de metal, garotas, fãs de música gótica, estudantes, e caras mais velhos que gostavam de Pink Floyd nos anos setenta... isso é muito legal, ainda mais nesse mundo louco em que todos vivem em guerras e brigando, é bem legal ver vários tipos de pessoas reunidas cantando a mesma música.

Whiplash! - Ok, ok, eu ainda tenho que ver um show de vocês, seria um sonho realizado!

Anneke / Ohhh... wow... eu espero que um dia possamos fazer algum show por aí... todo ano conversamos com os "promoters" para ir tocar aí, mas é tão difícil!!!

Whiplash! - Alguns críticos estão chamando vocês de "Trip Rock". Na minha opinião vocês não se encaixam em nenhum estilo. Vocês gostam de ser rotulados como "Trip Rock"?

Anneke / É uma boa coisa... temos muitos estilos de música por aí... é bastante difícil rotular alguma coisa, mas quando perguntam que tipo de música a gente toca, temos que responder alguma coisa (risos!)... eu acho que "Trip Rock" é um termo legal, é rock, mas ao mesmo tempo é melódico e você pode "viajar" ("trip" é viagem em inglês) ouvindo.

Whiplash! - Vocês tem algum plano para lançar um CD com as músicas extras dos singles e b-sides?

Anneke / Nós estamos pensando em lançar uma coletânea ou algo parecido... recebemos vários pedidos de fãs sobre isso. Nossos singles já saíram de catálogo, então temos essa idéia sim, de lançar alguns de novo ou reuni-los em um CD... vamos fazer alguma coisa desse tipo... estamos pensando!

Whiplash! - Vocês acabaram de lançar um novo single: "You Learn About It". Porque essa faixa foi escolhida?

Anneke / Porque é uma das faixas mais fáceis de ouvir do disco e é uma grande música... e também porque pode nos trazer um público novo, não é a música mais rock do CD... talvez o segundo single seja mais rock... os singles geralmente nunca funcionaram bem com a gente. Nós temos o clipe rolando na TV holandesa e também em alguns outros países da Europa, vamos ver como as coisas vão...

Whiplash! - Sua imagem e voz sempre foram a marca do The Gathering desde a sua entrada na banda. Você se sente pressionada, sendo o centro das atenções? Como você segura a barra?

Anneke / Acho que nós da banda sempre estamos juntos, escrevemos nossa música juntos, e todas coisas que fazemos, fazemos todos juntos. Então eu não sinto muita pressão em ser o centro das atenções porque eu sempre tenho apoio da banda... somos 5 pessoas, e todos se apóiam... mas eu não me importo mesmo em ser o centro das atenções, na verdade eu gosto dessa atenção (risos!).

Whiplash! - Você conhece ou gosta de alguma banda brasileira?

Anneke / Eu conheço... uh... eu esqueci o nome...

Whiplash! - Sepultura?

Anneke / SIMMMM!!!! (risosss!!!) Mas eles são tão grandes... devem existir bandas pequenas muito interessantes que eu infelizmente não conheço.

Whiplash! - Ok Anneke, obrigado pela entrevista. Deixe seu recado para os fãs e para os leitores da Whiplash!

Anneke / Sim... bem... tomara que vocês dêem uma chance ao nosso novo CD, e tomara que vocês gostem!!! Obrigado!

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin