Em 14/07/1998: Angra lançava Fireworks, disco que marca o fim de uma era

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

Em 14 de julho de 1998, a banda brasileira ANGRA lançava "Fireworks", seu terceiro trabalho de estúdio.

Angra: Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitido

Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum é mais pesado que seus antecessores, porém, os andamentos progressivos e os experimentos apresentados em "Angels Cry" e "Holy Land" continuam presentes, porém, em uma proporção menor. Os destaques do disco ficam com a rápida "Wings of Reality", a maravilhosa balada "Lisbon", "Speed", "Metal Icarus" e a faixa que dá nome ao álbum.

É um bom disco, que como de costume, traz uma performance excepcional dos músicos envolvidos. Infelizmente, ficou marcado como o último registro de Andre Matos, Luis Mariutti e Ricardo Confessori como integrantes da banda. Anos depois, os três formariam o SHAMAN, enquanto Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt seguiriam com o ANGRA, ao lado de novos músicos.

"Fireworks" – ANGRA

Data de lançamento: 14 de julho de 1998

TRACKLIST

"Wings of Reality"
"Petrified Eyes"
"Lisbon"
"Metal Icarus"
"Paradise"
"Mystery Machine"
"Fireworks"
"Extreme Dream"
"Gentle Change"
"Speed"

LINEUP

Andre Matos – vocal
Kiko Loureiro – guitarra
Rafael Bittencourt – guitarra
Luis Mariutti – baixo
Ricardo Confessori - bateria

FONTE: Metal Archives
https://www.metal-archives.com/albums/Angra/Fireworks/1670


Cli336x280 CliIL