Matérias Mais Lidas


A pessoa que aparece na capa de "Vulgar Display Of Power" realmente levou um murro?

Por Mateus Ribeiro
Postado em 03 de março de 2024

Lançado em 25 de fevereiro de 1992, "Vulgar Display Of Power" é um dos melhores trabalhos da banda estadunidense Pantera, que foi fundada nos anos 1980 pelos irmãos Dimebag Darrell e Vinnie Paul. Pesado, agressivo e cheio de identidade, "Vulgar Display Of Power" mostra todo o poderio do quarteto, como pode ser ouvido nas excelentes "Mouth For War", "Walk", "This Love", "A New Level" e "Fucking Hostile".

Pantera - Mais Novidades

Foto: Reproduçção
Foto: Reproduçção
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

"Vulgar Display Of Power" é marcante não apenas por suas faixas, mas também pela arte da capa, que apresenta um rapaz tomando uma bela de uma porrada na cara. E você provavelmente já se perguntou se o soco retratado na capa do disco é real. Com a palavra, Brad Guice, fotógrafo responsável pelo registro.

"Procuramos um modelo masculino de cabelos compridos para fazer o papel do cara que estava sendo atingido. Acabamos usando um cara de Los Angeles, Sean Cross, e ele ainda é meu amigo", relatou Brad, em entrevista concedida à Revolver Magazine.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

"Conseguimos uma mão muito forte para ser o cara que está dando o soco e fizemos tudo em estúdio, em plano direto. Colocamos uma luz vermelha atrás de seu cabelo porque, originalmente, o filme seria colorido. Achei que o vermelho era poderoso e o movimento do cabelo era muito interessante. Fizemos o movimento do punho em câmera lenta e, em seguida, Sean moveu a cabeça. E então, começou o boato de que o cara teve que levar vários socos no rosto até conseguirmos a foto certa. Isso não é verdade. Foi uma situação controlada. Ninguém nunca foi atingido", complementou Brad, que ficou decepcionado com o resultado final.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

"Fiquei realmente surpreso quando vi a capa final em preto e branco. Não achei que parecesse tão bom quanto [a capa com] o fundo vermelho. Na verdade, fiquei muito decepcionado com o resultado. A versão colorida era de longe superior. Fiquei surpreso com a mudança da gravadora", relatou o fotógrafo.

A mesma matéria da Revolver também apresenta um depoimento de Sean, o rapaz que estrela a capa de "Vulgar Display Of Power".

"Eu nunca tinha trabalhado como modelo antes disso. Eu era dono de restaurantes e de uma empresa de consultoria, e minha esposa era atriz. Uma amiga dela me disse que [Brad] precisava de alguém que se encaixasse na minha descrição e que eu deveria aceitar. Ele [o outro rapaz que aparece na capa] colocava o punho no meu rosto e eu empurrava o punho dele para que meu rosto encostasse nele, e era assim que começávamos a cena. E então, ele se movia para que meu cabelo se mexesse. Depois desse trabalho , comecei a trabalhar como modelo, mas depois voltei para minha empresa de consultoria, trabalhando com diferentes empresas de Wall Street", contou Sean, que felizmente, não tomou nenhum soco real para registrar a capa de um dos discos mais poderosos dos anos 90.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Agora que você conhece um pouco mais sobre a história de "Vulgar Display Of Power", é hora de curtir esse grande trabalho do Pantera. Aperte o play e se divirta!

Álbum: "Vulgar Display Of Power"
Banda: Pantera
Data de lançamento: 25 de fevereiro de 1992
Gravado por: Phil Anselmo (vocal), Dimebag Darrell (guitarra), Rex Brown (baixo) e Vinnie Paul (bateria)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

Tracklist

"Mouth For War’
"A New Level"
"Walk"
"Fucking Hostile"
"This Love"
"Rise"
"No Good (Attack The Radical)"
"Live In A Hole"
"Regular People (Conceit)"
"By Demons Be Driven"
"Hollow"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS