Megadeth: a história de quando Slash quase entrou na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Ultimate Guitar, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma entrevista em 2016 com a LA Weekly, Dave Mustaine falou brevemente sobre uma ocasião quando, nos anos oitenta, foi discutida a possibilidade de Slash se juntar ao Megadeth. "Conversamos sobre isto. Na verdade a negociação foi mais entre David Ellefson e Slash que comigo, os caras eram mais próximos dele que eu na época".

Cachês: nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e MetalNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para quem não leu o livro de Slash, foi por volta de 1985-86, quando Slash estava no GNR, e os caras ainda não tinham lançado o "Appetite for Destruction", que tomaria o mundo de assalto no ano seguinte, transformando-os em rockstars.

O guitarrista lidava com vícios em drogas na época e vivia nas proximidades de Mustaine, o que os levou a se encontrar para fazer as mesmas coisas: se chapar e compor riffs.

Eis o trecho onde ele comenta, numa versão um pouco diferente da contada brevemente por Mustaine: "Houve uma ocasião em que travei amizade com Dave Mustaine, do Megadeth, que era viciado em heroína e crack e morava no mesmo bairro. Começamos a andar juntos e compor músicas. O cara era um verdadeiro e completo maníaco e um gênio na criação de riffs. Saíamos por aí, fumávamos crack e compúnhamos incríveis riffs de heavy metal pesados e obscuros pra caralho. As vezes, David Ellefson se juntava a nós. A gente se dava muito bem e escrevia coisas iradas. A situação chegou ao ponto, em nossa zona criativa alimentada pelas drogas, em que começamos a pensar seriamente na idéia de eu entrar para o Megadeth. O Guns estava em compasso de espera, afinal, e eu andava chapado o bastante para considerar todos os tipos de más decisões. Dave Mustaine ainda é um dos músicos mais geniais com quem já toquei um improviso, mas, no fundo, eu sabia que não podia sair do Guns".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao menos temos certeza que algo aconteceu, embora talvez nunca saberemos os detalhes exatos. Naquele tempo o Megadeth estava com Chris Poland na guitarra e Gar Samuelson na bateria. Se Slash tivesse entrado na banda ouviríamos seu trabalho no disco "So Far, So Good, So What!", ao invés do "Appetite for Destruction"...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "Slash"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Rock: Ele morreu? Slash responde!Rock
Ele morreu? Slash responde!

GNR: às vezes parecíamos amigos, às vezes parecíamos inimigos, diz BumblefootGNR
"às vezes parecíamos amigos, às vezes parecíamos inimigos", diz Bumblefoot


Cachês: nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e MetalCachês
Nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e Metal

Nikki Sixx: transei com a mulher do Bruce DickinsonNikki Sixx
"transei com a mulher do Bruce Dickinson"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280