Aerosmith e Guns N' Roses: O acordo sobre drogas em 1988

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Djalma Beraldo Batista, Fonte: Walk this way
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na autobiografia da banda americana Aerosmith, intitulada "Walk this way", Steven Tyler relata qual foi sua reação ao ver o Guns N' Roses pela primeira vez, quando fizeram turnê juntos em 1988, e como foi sua conversa com alguns integrantes para aconselhar sobre drogas e bebidas logo no primeiro show da turnê. Lembrando que nesse período, todos os integrantes do Aerosmith estavam sóbrios e limpos depois de um longo processo de reabilitação, enquanto o Guns N' Roses estava no auge no consumo de entorpecentes.

Iron Maiden: a concepção original de EddieBlack Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo

"O que me chocou primeiro foi que eles eram iguais a nós. O baixista era Tom Hamilton, Slash era Joe Perry, Izzy era Brad e o baterista era muito parecido com Joey Kramer. Axl era o mesmo que eu, um egomaníaco visionário. As vezes ia até o camarim deles e parecia que eu estava me olhando no espelho.

Eu conversei com eles um pouco sobre drogas. O Aerosmith estava chateado que a imprensa estava enchendo o saco dizendo que supostamente nós não deixaríamos o Guns beber, fumar ou usar drogas. Aquilo ofendeu a gente poque nunca foi nossa intenção. Antes do primeiro show, chamei Izzy, Slash e talvez Duff para o meu camarim e contei dos meus problemas com drogas e bebidas e falei: 'Olha, se vocês tem alguma droga, por favor guardem para vocês. Usem-nas no seus camarins. Se vocês usarem no meu, eu vou ter que deixar meu próprio camarim'.

Mas eles aceitaram numa boa. Eles nos disseram que nós éramos seus ídolos. Nós tínhamos camisas da turnê com os nomes dos lugares onde fizemos reabilitação ao invés de datas dos próximos shows, e demos algumas para os caras do Guns. Aquele foi nosso posicionamento definitivo."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Aerosmith"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Metallica: o Guns N' Roses se tornou uma coisa nostálgicaMetallica
O Guns N' Roses se tornou uma coisa nostálgica

Comerciais: os onze mais divertidos envolvendo Rock e MetalComerciais
Os onze mais divertidos envolvendo Rock e Metal


Iron Maiden: a concepção original de EddieIron Maiden
A concepção original de Eddie

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismoBlack Metal
Cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre Djalma Beraldo Batista

Carioca de nascimento, manauara de coração. Leitor assíduo de qualquer coisa relacionado a esporte, música, tecnologia e economia. Fez aula de violão por um ano, mas só aprendeu a tocar "Sabão crá crá" (true story). Desde então percebeu que era melhor só palpitar sobre o universo musical. Sua banda preferida é Aerosmith, mas gosta muito também de INXS, Def Leppard, Iron Maiden, Metallica, Kiss, Guns N' Roses e Legião Urbana.

Mais matérias de Djalma Beraldo Batista no Whiplash.Net.

adGooILQ