Angra: A gravação de Angels Cry e saída do baterista original Marco Antunes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mateus Roman, Fonte: Metal Meltdown, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em uma longa entrevista concedida em 2013 para o site Metal Meltdown, o ex-vocalista do ANGRA Andre Matos relembrou, entre outras coisas, o processo de gravação do primeiro disco da banda na Alemanha e a difícil decisão de demitir o baterista original Marco Antunes, posteriormente substituído por Ricardo Confessori.

2059 acessosAngra: Edu Falaschi fala, em vídeo, sobre os membros da banda5000 acessosTradução - The Wall - Pink Floyd

"Este álbum teve muitas participações diferentes, começando pelo baterista, no lugar de quem tivemos de colocar um substituto rapidamente, com alguma urgência, que foi o Alex Holzwarth, que tocou no Rhapsody por bastante tempo. Baterista incrível. Foi basicamente uma decisão do produtor [Charlie Bauerfeind]. O produtor veio até a gente e disse: 'Olha, para o que eu quero para este álbum, o seu baterista infelizmente não vai dar conta. Então vocês têm duas opções: nós usamos uma bateria eletrônica ou contratamos alguém que conheço que possa fazê-lo em uma semana'. Foi uma decisão difícil, porque nosso baterista era um bom amigo e um dos co-fundadores da banda. Uma vez que estávamos lá e não havia como voltar atrás, tínhamos de optar por uma dessas alternativas, e Charlie disse: 'se não for assim, não colocarei meu nome nesta produção.' E esta foi nossa única alternativa. Um outro baterista tocou apenas aquele cover, a versão da Kate Bush, 'Wuthering Heights'. Era o baterista do Gamma Ray na época [Thomas Nack], que era um grande fã da Kate Bush e podia tocar aquelas linhas perfeitamente. [...] Isto foi difícil. Acho que [para] todos nós. Mas se não me engano, o amigo mais próximo do baterista na época era o guitarrista, Rafael [Bittencourt], e coube mais a ele fazer a parte difícil. Nós fizemos tudo a nosso alcance. Sabíamos que havia problemas mesmo antes de pegarmos o avião para a Alemanha, e dissemos ao baterista: 'Vamos lhe dar a chance. Faça o seu melhor e ficaremos do seu lado. Mas quando houve o problema com o produtor, e era um produtor profissional, um dos melhores que havia na época, não havia desculpa. Não havia nada que pudéssemos fazer e todos nós sofremos bastante por isso, e foi umas das primeiras lições feias e tristes que tivemos de aprender logo no começo."

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AngraAngra
Edu Falaschi fala, em vídeo, sobre os membros da banda

638 acessosKiko Loureiro: vídeo completo de workshop online do guitarrista290 acessosRio Rock City: melhores introduções de baixo da atualidade0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Aquiles Priester sobre WhiplashAquiles Priester sobre Whiplash
"Também já sangrei tocando"

CoversCovers
Blog elege Top 5 por bandas brasileiras de Rock/Metal

MegadethMegadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko?

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

TraduçãoTradução
O clássico The Wall, do Pink Floyd

Guns N RosesGuns N' Roses
A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

Rede GloboRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

5000 acessosLed Zeppelin e o lendário encontro com Elvis Presley5000 acessosSepultura: Jean recebeu convite para tocar no Motörhead5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19885000 acessosStratovarius: garota de 8 anos impressiona milhões em vídeo5000 acessosJanaína Paschoal: "Prefiro Pink Floyd e Dire Straits a Iron Maiden"3593 acessosCrucified Barbara: A curiosa origem do nome da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de outubro de 2015

Sobre Mateus Roman

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online