Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcelo Araújo, Fonte: Ogro Do Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

O objetivo dessa matéria não é mostrar os sincronismos perfeitos entre os álbuns da banda Pink Floyd e seus respectivos filmes, mas sim, mostrar para os caros leitores, que bastava um olhar mais atento para as capas dos álbuns, que os enigmas estavam lá, precisando apenas de uma pequena dose de observação e interpretação para matar a charada.

1063 acessosRoger Waters: organização judaica acusa músico de ser antissemita5000 acessosPink Floyd: a história por trás de "Animals"

Em 1969, a banda lançava o álbum duplo “Ummagumma”, e o enigma estava lá na cara de todos, logo acima do nome da banda, apoiado na parede, a trilha sonora do filme GIGI, um grande clássico lançado em 1958 que conta a história de Gaston Lachaille, o solteiro mais cobiçado de Paris, que se apaixona por Gigi, uma jovem irrequieta e que recebe aulas de etiqueta para se tornar uma dama da aristocracia. Existem, pelo menos, 15 sincronismos comprovados entre o álbum e o filme, e o mais impressionante disso tudo, é que se retirarmos as vogais do nome "Ummagumma", a palavra que se forma é a seguinte: MMGMM. Vale lembrar que GIGI é um filme da MGM (Metro-Goldwyn-Mayer Inc.), assim como todos os outros em que ocorrem os sincronismos.

Em 1973, a banda lançava o álbum “The Dark Side of the Moon”, e um olhar mais apurado na capa do filme “O Mágico de Oz”, perceberia claramente a ligação de ambos, que possuem, pelo menos, 58 sincronismos comprovados. A estrada de tijolos amarelos, lembra muito uma certa figura geométrica. Além disso, o filme começou sem cor e terminou colorido, do qual podemos comparar aos efeitos de um prisma, onde um feixe de luz policromática se dispersa em infinitas partes monocromáticas (cores).

Em 1994, a banda lançava o álbum “The Division Bell “, trazendo na capa duas grandes estátuas de rostos de macacos. Grande parte do álbum lida com questões de comunicação e de que muitos dos problemas da vida podem ser resolvidos através do diálogo. O sincronismo aqui é com o filme “Planeta dos Macacos”, que tem, pelo menos, 10 já comprovados. No encarte que acompanha o álbum, a página da canção "Keep Talking", que também saiu como single, traz uma ilustração de seis macacos formando um rosto.

A banda voltaria a “brincar” com o filme “O Mágico de Oz” em 1995, ano do lançamento do álbum duplo “P.U.L.S.E”, trazendo algumas referências a esses famosos sincronismos. Na música "The Great Gig In The Sky", que originalmente trazia um trecho dizendo "I never said I was frightened of dying" ("Eu nunca disse que tinha medo de morrer"), mudou para "I never said I was frightened of Dorothy" ("Eu nunca disse que tinha medo de Dorothy"). Além disso, a ilustração da capa - um disco imitando um globo ocular, com um sol sofrendo eclipse substituindo a íris - trazia escondida algumas imagens referentes ao filme, como a silhueta de uma garota com sapatos vermelhos (Dorothy), a silhueta do Homem de Lata e a bicicleta da Bruxa Avarenta.

Existem muitos outros sincronismos entre álbuns do Pink Floyd e filmes, mas não é possível matar a charada apenas observando as capas dos álbuns.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de julho de 2016
Post de 04 de março de 2017

David GilmourDavid Gilmour
Trecho inédito do show histórico em Pompeia

1063 acessosRoger Waters: organização judaica acusa músico de ser antissemita2715 acessosPink Floyd: Idosos reagem a músicas da banda119 acessosDoom Side of the Moon: versões para "Time" e "Money"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pink Floyd"

Pink FloydPink Floyd
Conheça versão Heavy Metal de "Hey You"

Rock e MetalRock e Metal
5 músicas que melhor criaram suas "atmosferas"

CapasCapas
As mais ridículas feitas por artistas dos quadrinhos

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Pink Floyd"

Pink FloydPink Floyd
A história por trás do clássico "Animals"

A Vida Pós-bilauA Vida Pós-bilau
Vocalista do Life of Agony abre o jogo

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1990

5000 acessosMastodon: Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"5000 acessosFloor Jansen: "Eu não sou uma puta arrogante"5000 acessosGóticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 805000 acessosIron Maiden: The Number Of The Beast na Rolling Stone em 19824193 acessosRush: as dez canções mais subestimadas da banda5000 acessosIron Maiden: noiva toca versão emocionante de música durante casamento

Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N’ Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online