Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

Por Marcelo Araújo
Fonte: Ogro Do Metal
Em 03/01/14

O objetivo dessa matéria não é mostrar os sincronismos perfeitos entre os álbuns da banda Pink Floyd e seus respectivos filmes, mas sim, mostrar para os caros leitores, que bastava um olhar mais atento para as capas dos álbuns, que os enigmas estavam lá, precisando apenas de uma pequena dose de observação e interpretação para matar a charada.

Em 1969, a banda lançava o álbum duplo "Ummagumma", e o enigma estava lá na cara de todos, logo acima do nome da banda, apoiado na parede, a trilha sonora do filme GIGI, um grande clássico lançado em 1958 que conta a história de Gaston Lachaille, o solteiro mais cobiçado de Paris, que se apaixona por Gigi, uma jovem irrequieta e que recebe aulas de etiqueta para se tornar uma dama da aristocracia. Existem, pelo menos, 15 sincronismos comprovados entre o álbum e o filme, e o mais impressionante disso tudo, é que se retirarmos as vogais do nome "Ummagumma", a palavra que se forma é a seguinte: MMGMM. Vale lembrar que GIGI é um filme da MGM (Metro-Goldwyn-Mayer Inc.), assim como todos os outros em que ocorrem os sincronismos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1973, a banda lançava o álbum "The Dark Side of the Moon", e um olhar mais apurado na capa do filme "O Mágico de Oz", perceberia claramente a ligação de ambos, que possuem, pelo menos, 58 sincronismos comprovados. A estrada de tijolos amarelos, lembra muito uma certa figura geométrica. Além disso, o filme começou sem cor e terminou colorido, do qual podemos comparar aos efeitos de um prisma, onde um feixe de luz policromática se dispersa em infinitas partes monocromáticas (cores).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1994, a banda lançava o álbum "The Division Bell ", trazendo na capa duas grandes estátuas de rostos de macacos. Grande parte do álbum lida com questões de comunicação e de que muitos dos problemas da vida podem ser resolvidos através do diálogo. O sincronismo aqui é com o filme "Planeta dos Macacos", que tem, pelo menos, 10 já comprovados. No encarte que acompanha o álbum, a página da canção "Keep Talking", que também saiu como single, traz uma ilustração de seis macacos formando um rosto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda voltaria a "brincar" com o filme "O Mágico de Oz" em 1995, ano do lançamento do álbum duplo "P.U.L.S.E", trazendo algumas referências a esses famosos sincronismos. Na música "The Great Gig In The Sky", que originalmente trazia um trecho dizendo "I never said I was frightened of dying" ("Eu nunca disse que tinha medo de morrer"), mudou para "I never said I was frightened of Dorothy" ("Eu nunca disse que tinha medo de Dorothy"). Além disso, a ilustração da capa - um disco imitando um globo ocular, com um sol sofrendo eclipse substituindo a íris - trazia escondida algumas imagens referentes ao filme, como a silhueta de uma garota com sapatos vermelhos (Dorothy), a silhueta do Homem de Lata e a bicicleta da Bruxa Avarenta.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Existem muitos outros sincronismos entre álbuns do Pink Floyd e filmes, mas não é possível matar a charada apenas observando as capas dos álbuns.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo.