Deep Purple: "Perfect Strangers" é sobre reencarnação?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Severo da Costa
Enviar Correções  

Em 1984, após oito anos de "descanso", o DEEP PURPLE voltava a ativa com "Perfect Strangers", até hoje o melhor álbum produzido pela banda após o retorno. A faixa título (um dos poucos registros sem solos individuais), possui uma letra digna de um ressurgimento: trata-se de uma metáfora à reencarnação, sintetizada pela oposição entre a vida anterior e a atual - permanecendo os indivíduos "estranhos" um ao outro, segundo o site www.lyricinterpretations.com.

Deep Purple: veja vídeo de "Nothing At All", faixa do "Whoosh!"

Two and a Half Men: Participações de astros do rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Referências como "Você consegue lembrar meu nome?", "Sombras de outro dia" e "Devemos permanecer perfeitos estranhos", entretanto, parecem fazer alusões a questões mais "terrenas" do que à metafísica em si...

Perfeitos Estranhos

Você consegue se lembrar, lembrar meu nome?
Enquanto eu fluo atravéz de sua vida
Por mil oceanos eu voei, oh
E frios, frios Espíritos de gelo
Toda a minha vida
Eu sou o eco de seu passado

Estou devolvendo o eco de um ponto no tempo
Rostos distantes brilham
Mil guerreiros que eu conheci, oh
E rindo enquanto os espíritos aparecem
Toda sua vida
Sombras de outro dia

E se você me ouvir falando ao vento
Você tem que entender
Nós devemos permanecer
Perfeitos estranhos

Eu sei, eu devo permanecer dentro deste silencioso
poço de sofrimento

Uma trança de prata pendurada pelo céu
Tocando mais do que você vê
A voz do tempo em sua mente, oh
Está sofrendo com os mortos da noite
Preciosa vida (Suas lágrimas estão perdidas na chuva que cai)

Fonte da tradução:
http://letras.mus.br/deep-purple/65464/traducao.html

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280