Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemBlind Guardian divulga vídeo oficial de "Blood Of The Elves"; veja aqui

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemMetallica libera vídeo da clássica "Fight Fire With Fire" ao vivo em Belo Horizonte


Scorpions: algumas curiosidades sobre a banda

Por Damaris Hoffman
Fonte: Top Link Music
Em 19/08/12

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Nos discos Fly To The Rainbow e In Trance, é possível perceber que algumas músicas possuem teclados. Nesse caso, o tecladista aparece como músico adicional. O músico em questão é o Achim Kirschning.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A melodia de In Trance foi composta por Rudolf Schenker e foi mostrada à banda numa antiga igreja da Bélgica enquanto eles estavam em turnê. Ele sentou na igreja e começou a tocar os riffs da música pra mostrar pro pessoal da banda. Segundo Klaus Meine, a banda sentiu que havia uma atmosfera especial em volta da canção.

Quando a banda viu a capa de Virgin Killer pela primeira vez, ficaram chocados por causa da garota nua e ficaram em dúvida se usariam mesmo aquela capa ou não. Então, resolveram usá-la justamente por ser chocante. Os fãs adoraram, mas a crítica caiu matando. Segundo Klaus Meine, hoje em dia ele acha que a capa foi um pouco "exagerada" pra época. Segundo ele, o significado da capa vai muito além da nudez na menina. Ele diz: "As crianças crescem, e como adultos, perdemos nossa inocência". Ou seja, analisando a letra de Virgin Killer, na parte "he's a virgin killer" (ele é um "assassino de virgens" ou "é um assassino da virgindade") pode ser encarado segundo a afirmativa de Klaus Meine, que quando crescemos, acabamos "sacrificando" nossa inocência e pureza de quando éramos crianças.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em Steamrock Fever, na introdução da música foi usada uma britadeira de verdade, que foi manipulada por alguns trabalhadores da construção civil contratados pelo produtor Dieter Dierks.

A melodia de We'll Burn The Sky foi composta por Rudolf Schenker, mas a letra foi escrita por Monika Dannemann, que na época era a atual namorada de Ulrich Roth, mas ficou conhecida como a última namorada de Jimi Hendrix. Segundo Klaus, a letra de We'll Burn The Sky é uma homenagem de Monika a Jimi Hendrix.

(retirados do encarte do cd "Gold")

Contribuição de conteúdo Scorpions Brazi.net

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Clássicos quarentões - Scorpions - "Blackout" e Kiss - "Creatures of the Night" (vídeo)

Night Demon: lançada a compilação "Year Of The Demon", com covers de Scorpions e Maiden

As primeiras impressões do novo disco do Scorpions, "Rock Believer" (vídeo)

Monsters of Rock: o lendário Castle Donington de 1980


Sobre Damaris Hoffman

Damaris Hoffman, 28 anos, concluiu seu curso de Licenciatura em Filosofia, porém logo partiu para a área da Comunicação Social. Desenvolveu um estilo único de trabalho atuando no departamento de marketing artístico e produção de sua própria empresa. Responsável pela comunicação das bandas Cavalera Conspiracy e Soulfly na América Latina e assessora de imprensa full time das bandas Angra, Project46, Sioux66, Rygel, Capadocia, La raza, Bioface, Worst, e inúmeras outras. Assessora de comunicação das empresas Top Link Music e Honorsounds.

Mais matérias de Damaris Hoffman.