Joe Satriani: os pupilos do Professor Satchafunkilus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Doctor Robert
Enviar correções  |  Ver Acessos

Joe Satriani é inegavelmente um dos maiores nomes da guitarra no rock nas últimas três décadas. Ganhou notoriedade ao ser indicado ao Grammy por seu álbum "Surfing With The Alien", de 1986. Influenciou gerações de guitarristas, compôs temas inesquecíveis, e além de uma prolífica carreira solo, tocou ao lado de alguns dos maiores nomes da história do rock, como Mick Jagger e Deep Purple (cobrindo o resto da turnê de "The Battle Rages On", após a saída de Richie Blackmore), e hoje em dia ainda faz história com o Chickenfoot. O que a garotada de hoje talvez não saiba é que antes da fama, Satch foi professor de guitarra, tendo vários de seus alunos se transformado em grandes guitarristas de renome no meio musical. A seguir, alguns dos mais famosos pupilos do Professor Satchafunkilus.

Aerosmith: As 20 frases mais ultrajantes de Steven TylerLed Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?

STEVE VAI - quando se fala em Steve Vai e Joe Satriani, a relação vai além da de mestre-aluno. Ambos são grandes amigos e vez por outra excursionam juntos nas turnês do G3. Satch conta que quando foi procurado por Vai quando ainda morava em Nova York, e este sequer sabia colocar as cordas na guitarra. Tempos depois, muitos consideram que o discípulo superou o mestre - uma mera questão de preferências pessoais...

KIRK HAMMETT - após sua mudança para Berkeley, na Califórnia, Joe passou a ser ainda mais conhecido e procurado para aulas. Um dos que vieram a ser seu aluno foi Kirk Hammett, quando ainda integrava o Exodus, antes de se juntar ao Metallica. Reza a lenda que Kirk procurou Satch novamente para aulas de aperfeiçoamento anos depois, quando já fazia sucesso com a nova banda e costumava pedir sua opinião sobre seus solos. A título de curiosidade, foi o último aluno de Satriani.

ALEX SKOLNICK - Embora mais conhecido como o virtuoso guitarrista da banda de thrash metal Testament, Skolnick é bem mais versátil e multifacetado, tendo projetos paralelos e bandas voltadas para o jazz e fusion. Além disso, gravou guitarras para o Savatage no álbum "Handful of Rain", e para o "Trans-Siberian Orchestra", além de trilhas sonoras para programas de TV.

LARRY LALONDE - Sim, o guitarrista dos solos malucos e atonais do Primus também teve aulas com Satriani. Acredite ou não, além de tocar no power-trio, Larry também foi guitarrista da banda de thrash-death metal Possessed. Seu estilo alternativo e seus sons e timbres em nada se assemelham com os dos demais alunos citados nesta matéria, mostrando o quão variados foram os alunos de Satch.

CHARLIE HUNTER - Famoso por suas guitarras de 7 e 8 cordas que emulam sons de órgão Hammond, Hunter não é lá tão conhecido no meio rocker, mas é um talentoso guitarrista de jazz e fusion, além de músico de apoio da banda de Norah Jones. É conhecido também por disponibilizar shows gratuitos na internet.

Outros alunos conhecidos que passaram pelas aulas de Joe Satriani:

David Bryson (Counting Crows)

Kevin Cadogan (Third Eye Blind)

Comente: Qual o seu guitarrista favorito entre os pupilos de Satriani?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Joe Satriani"Todas as matérias sobre "Steve Vai"Todas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Testament"


Metallica e Megadeth: e se eles trocassem de vocalistas entre si?Metallica e Megadeth
E se eles trocassem de vocalistas entre si?

Lady Gaga: no fundo ela só queria ser o MetallicaLady Gaga
No fundo ela só queria ser o Metallica


Aerosmith: As 20 frases mais ultrajantes de Steven TylerAerosmith
As 20 frases mais ultrajantes de Steven Tyler

Led Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?Led Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?


Sobre Doctor Robert

Conheceu o rock and roll ao ouvir pela primeira vez Bohemian Rhapsody, lá pelos idos de 1981/82, quando ainda pegava os discos de suas irmãs para ouvir escondido em uma vitrolinha monofônica azul. Quando o Kiss veio ao Brasil em 1983, queria ser Gene Simmons e, algum depois, ao ver o clipe de Jump na TV, queria ser Eddie Van Halen. Hoje é apenas um bom fã de rock, que ouve qualquer coisa que se encaixe entre Beatles e Sepultura, ama sua esposa e juntos têm um cãozinho chamado Bono.

Mais matérias de Doctor Robert no Whiplash.Net.

adGooILQ