Mick Jagger: viciado, deu em cima até da terapeuta sexual

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Breno Airan, Fonte: Rock na Velha
Enviar Correções  


Quando tinha seus 15 anos, MICK JAGGER se exercitava bastante e praticava muitos esportes a mando de seu pai, formado em Educação Física, coisa que ele não gostava muito.

Vocalistas: Os 10 melhores da história do rock

Bon Jovi: o mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"

Num dos habituais jogos de basquete, o futuro cantor dos ROLLING STONES recebeu uma violenta cotovelada que culminou num "corte" em sua língua.

Decerto, a palavra "corte" não seria adequada, porque o pequeno Jagger mordeu um pedaço da ponta da língua, que acabou ‘pulando fora’.

Mesmo com esse fator decisivo para a sua introspecção, Mick continuou a flertar as garotas e aumentar seu sex appeal. Segundo a biografia "Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger", do jornalista Christopher Andersen, já ficaram a seus pés mais de 4 mil mulheres.

E uma dessas milhares foi sua terapeuta sexual.

De acordo com Andersen, o frontman dos Stones era um viciado em sexo.

Quando percebeu que estava "doente", o vocalista procurou ajuda. Foi até uma terapeuta para se tratar. Mas, no meio das sessões, acabou dando em cima da especialista – que, claro, não resistiu às investidas.

Em entrevista ao CBS News, o autor da biografia disse que a modelo e atriz Jerry Hall foi quem o ouviu confessar que era um "sex addict".

O guitarrista e amigo de infância Keith Richards também teria o alertado a procurar um analista, a fim de que o problema foi dissipado. "Quando procurou a ajuda da terapeuta sexual, Mick a seduziu. Quero dizer, esse é o tipo de cara com quem estamos lidando... Alguém que tem demônios pessoais e compulsões, eu acho", comentou Chris Andersen.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vocalistas: Os 10 melhores da história do rockVocalistas
Os 10 melhores da história do rock

Bon Jovi: o mistério de Tommy e Gina em Livin' On A PrayerBon Jovi
O mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"


Sobre Breno Airan

Acima de tudo, um forte. Ser roqueiro no Nordeste é estar cercado de olhares de soslaio. Mas ele sabe ser simpático. Começou a escutar Heavy Metal ainda na barriga da mãe. A seu pai, uma verdadeira enciclopédia do estilo, deve tudo. Aos 14 anos, pediu para uma tia R$ 12 de presente de Natal, foi a uma loja de CDs usados e catou logo o "Rust in Peace", do Megadeth - em perfeito estado, inclusive. Daí por diante, a paixão só vem aumentando. É editor do blog Rock na Velha, integrante do blog Combe do Iommi e colaborador da revista alagoana Rock Meeting. Ainda tem tempo para ser jornalista e de tocar baixo em sua banda de Hard Rock, a Azul Manteiga.

Mais matérias de Breno Airan no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin