Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemVídeos dos shows no Hellfest do Sepultura, Epica, Nightwish, Blind Guardian e outros

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemEric Clapton comenta a lenda do pacto com o diabo feito por Robert Johnson

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More


Lynyrd Skynyrd: o professor que inspirou nome da banda

Por Nathália Plá
Fonte: Yahoo! Music
Em 23/09/10

Leonard Skinner, o professor de ginástica de ginásio que inspirou o nome da banda LYNYRD SKYNYRD, morreu aos 77 anos em um asilo em Riverside, Flórida.

Skinner, batizado Forby Leonard Skinner, nunca pretendeu se tornar um pedaço da história do rock-and-roll. Ele estava simplesmente reforçando um código de vestuário na escola Robert E. Lee High School no final dos anos 60 quando fatidicamente levou alguns adolescentes à sala do diretor por violar novas regras sobre comprimento de cabelo. "O cabelo tinha de estar dois dedos acima das sobrancelhas, não podia tocar o colarinho", Skinner explicou em uma entrevista há muitos anos atrás. "Um dos que mandei estava nessa banda... chamada One Percent," ele relembrou, referindo-se à banda que posteriormente se tornaria o Lynyrd Skynyrd.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O aluno, ameaçado de suspensão, trouxe o pai dele à escola para argumentar que a banda estava ajudando a contribuir com a renda doméstica – e que o cabelo comprido era um requisito para aquele visual de rock-and-roll. O diretor, sem se comover, tinha uma solução: um corte de cabelo e uma peruca. O jovem músico (a banda não identificou qual deles era, mas Skinner enumerou o guitarrista Gary Rossington e o cantor Ronnie Van Zant entre seus pupilos) acabou prendendo seu cabelo numa rede para cabelos. A banda mudou seu nome para o de Skinner em 1970 e trocou as vogais para a letra Y antes do lançamento de sua estréia de 1973 "Lynyrd Skynyrd." Apesar de soletrado diferentemente, o nome da banda é foneticamente "Leonard Skinnerd" (apesar de ser pronunciado mais frequentemente de forma errada como Lih-nerd Skinerd").

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Skinner não estava ciente de sua ligação com os heróis sulistas do rock até que escutou um DJ de rádio dizer "'Eis uma música do Lynyrd Skynyrd.' Essa foi a primeira vez que eu tive noção de que algo estivesse acontecendo," ele posteriormente se lembrou em uma entrevista com o antigo guarda costas de Van Zant, Gene Odom.

Apesar de dizer não gostar de rock, Skinner deu permissão à banda de usar uma fotografia da placa do imóvel de sua propriedade no interior da arte do álbum para o LP de 1975 "Nuthin' Fancy". Como seu verdadeiro telefone comercial estava incluído na placa, ele acabou recebendo muitas ligações de fãs curiosos ao longo dos anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar da relação entre a banda e seu antigo professor de ginástica fosse frequentemente apresentada como tensa, Skinner sempre destacou que ele estava somente reforçando as regras da escola e nunca teve nenhum problema com o LYNYRD SKYNYRD. O grupo inclusive pagou a seu antigo técnico $100 para apresentá-los em um show em Jacksonville e Skinner se tornou amigo de Odom.

LYNYRD SKYNYRD, conhecido por seus sucessos "Freebird" e "Sweet Home Alabama," lançou 12 álbuns de estúdio, e foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame em março de 2006. Quando perguntado sobre os jovens rebeldes que ele inadvertidamente inspirou, Skinner deu uma resposta justa ao rock-and-roll: "Eles trabalharam intensamente, viveram intensamente e beberam intensamente".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Rock And Roll: as 13 maiores voltas por cima da história



Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá.