Fugazi: álbuns dos anos 90 que não ganharam muita importância em seu lançamento - Parte 1

Resenha - Steady Diet of Nothing - Fugazi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Brunelson T., Fonte: Rock in The Head
Enviar correções  |  Ver Acessos

O fato da indústria da música não ser um ambiente totalmente justo e equitativo, não deve ser uma grande surpresa para ninguém. Esse velho ditado sobre alcançar a cereja do bolo sempre é um resultado com consequências felizes, não passa de absurdo. O histórico do cenário musical está repleto de cadáveres em decomposição de artistas que nunca receberam suas devidas recompensas, assim como os detritos de álbuns clássicos queimados ou ignorados na época do seu lançamento.

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaBlack Sabbath: a polêmica capa do polêmico Born Again

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No entanto, a retrospectiva oferece uma oportunidade para corrigir alguns erros históricos e pagar tributo ao atraso dos devidos reconhecimentos aos artistas e bandas em questão, referente aos álbuns que foram subestimados em seu lançamento.

Com isso, o site rockinthehead vai publicar em 04 partes, somente 04 álbuns (dentre vários) que foram lançados nos anos 90 e que não ganharam a devida importância em seu lançamento - pelo menos, comercialmente falando - das bandas STONE TEMPLE PILOTS, METALLICA, RED HOT CHILI PEPPERS e FUGAZI.

Banda: FUGAZI
Álbum: "Steady Diet of Nothing" (3º disco, 1991)

Não há pontos fracos no catálogo estelar do FUGAZI, mas entre os álbuns favoritos dos fãs, como em "Repeater" (2º disco, 1990) e "In on The Kill Taker" (4º disco, 1993), este álbum de 1991 nunca recebeu o devido reconhecimento.

Na verdade, o disco teve um nascimento difícil: "Estávamos nos sentindo fodidamente ferrados", admitiu o guitarrista Guy Picciotto, "e estávamos gravando este álbum, num momento em que na verdade deveríamos estar dando um tempo, sabe?"

Essa tensão sangrou na gravação do disco...

Sendo o álbum mais experimental e explicitamente político da banda até aquele ponto, "Steady Diet of Nothing" lançou um olhar implacável sobre os EUA do presidente George Bush e ofereceu uma dissecação cáustica de uma nação em guerra - tanto internamente quanto além de suas fronteiras - ao mesmo tempo em que reafirmava a feroz onda de ativistas da banda.

"Não seremos derrotados", cantou o vocalista/guitarrista Ian MacKaye, em tom desafiador na música "KYEO".

Lançado em julho de 1991, o impacto do álbum foi um pouco perdido, pois o fenomenal sucesso global do disco do NIRVANA, "Nevermind", empurrou o rock alternativo para frente, mas em 2019 as suas mensagens gritantes pedindo vigilância contra a crescente erosão dos direitos humanos, parecem mais vitais do que nunca.

"KYEO"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Fugazi"


Rock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na músicaRock
25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música


Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite para tocar na banda

Black Sabbath: a polêmica capa do polêmico Born AgainBlack Sabbath
A polêmica capa do polêmico Born Again


Sobre Brunelson T.

Vocalista/guitarrista da banda Terrakiuz.

Mais matérias de Brunelson T. no Whiplash.Net.

adGoo336