Arch Enemy: disco de covers é um ótimo presente para os fãs

Resenha - Covered in Blood - Arch Enemy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar Correções  

publicidade

"Covered in Blood" é o novo lançamento da banda sueca Arch Enemy e foi lançado dia 18 de janeiro. O material compila covers feitos pelo grupo durante toda a sua trajetória e traz 24 faixas com as vozes dos três vocalistas que passaram pela banda: Alissa White-Gluz, Angela Gossow e Johan Liiva. Essas releituras variam entre faixas incluídas em singles e edições especiais dos álbuns do quinteto, e outras inéditas e que foram gravadas especialmente para este título. A ótima notícia é que o CD saiu por aqui pela Hellion Records.

Beatles: Alissa White-Gluz e Gus G. gravam versão para "Yesterday"Tradução - The Wall - Pink Floyd

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco é dividido em três partes, sendo que a primeira é composta por treze músicas com a formação atual do grupo. Aqui, temos gravações fresquinhas que variam entre versões para canções conhecidas como "Shout" (Tears for Fears), "Breaking the Law" (Judas Priest) e "The Zoo" (Scorpions) e outras para nomes do underground. As mais conhecidas ganharam arranjos que as tornam bastante diferentes das originais, com os suecos adaptando as faixas para o seu próprio estilo. Essa primeira parte do disco é especialmente afiada e mostra o poderia do line-up que conta com Alissa e Jeff Loomis ao lado de Michael Amott, Sharlee D’Angelo e Daniel Erlandsson e que deu ao mundo os álbuns "War Eternal" (2014, onde Alissa estreou) e "Will to Power" (2017, debut de Loomis).

Na sequência temos sete faixas com Angela Gossow, vindas de anos atrás e presentes em b-sides e compilações anteriores. Aqui, o destaque vai para "The Book of Heavy Metal" (gravada originalmente pelo Dream Evil e que ficou sensacional), "Wings of Tomorrow"(do Europe, irreconhecível) e "Symphony of Destruction" (Megadeth).

Fechando o pacote, quatro canções com Johan Liiva, registradas nos primeiros anos de carreira do Arch Enemy. Duas delas são do Iron Maiden - "Aces High" e "The Ides of March" -, e ganharam releituras agressivíssimas e que merecem atenção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De modo geral, "Covered in Blood" é um ótimo disco, onde as músicas mais conhecidas surpreendem pelas reinterpretações nada convencionais e onde as faixas menos populares parecem composições do próprio Arch Enemy - o melhor exemplo é a espetacular "Back to Back", do Pretty Maids.

Um excelente álbum, com um resultado final muito acima da média.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Beatles: Alissa White-Gluz e Gus G. gravam versão para YesterdayBeatles
Alissa White-Gluz e Gus G. gravam versão para "Yesterday"


Angela Gossow: Não existe deus! Simplesmente lide com isso!Angela Gossow
"Não existe deus! Simplesmente lide com isso!"

Ozzy Osbourne: 7 guitarristas que quase entraram para a banda deleOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele


Tradução - The Wall - Pink FloydTradução - The Wall - Pink Floyd

Aquiles Priester: os álbuns que marcaram o bateristaAquiles Priester
Os álbuns que marcaram o baterista


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280