Beseech: sem forçar melancolia em My Darkness, Darkness

Resenha - My Darkness, Darkness - Beseech

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcondes Pereira
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Dos anos 2007 até 2016, os suecos do Beseech lançaram materiais como compilações, vídeos, singles e no mesmo ano também surgiu o álbum "My Darkness, Darkness".

Axl Rose: "Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musical

O referido trabalho mistura o jeito gritantemente acessível de "Drama" (2004) com influências notórias de grupos de Gothic Metal cujos os vocais masculinos são dominantes, e os vocais femininos aparecem como complementos brandos.

Ainda sobre os vocais de Klas Bohin, eles ficam muito próximos das declamações que fizeram o Theatre Of Tragedy famoso no meio Gothic/Doom/ Symphonic Metal. Já as vozes de Angelina Sahlgren Söder ficam divididas entre algo de inocente e pop.

Com os efeitos da programação sob responsabilidade de Robert Vintervind, o álbum demonstra bastante variação nas suas melodias, característica que pode agradar até alguns fãs de Rock e/ou Metal progressivo mais flexíveis.

"My Darkness, Darkness" (2016) é um álbum de Gothic Metal que se permite ter uma certa imprevisibilidade, tendo em vista que não tenta ser o registro sonoro mais triste ou operístico já feito na história. Como o clima de faroeste da faixa-título demonstra de uma maneira divertida e delicada em alguns momentos.

Beseech- My Darkness, Darkness
2016/ Despotz Records

Faixas:
1. Beating Pulse
2. The Shimmering
3. Bloodline Fever
4. Mr Uninvited
5. My Darkness, Darkness
6. Atmosphere
7. Highwayman (Jimmy Webb cover)
8. The Ingredients
9. One Last Call
10. Darksome
11. The Symbol




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Beseech"


Axl Rose: Sobe na porra do palco ou você vai morrer!Axl Rose
"Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"

Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musicalBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

As regras do New Metal/Nu-metalAs regras do New Metal/Nu-metal

Free: a paixão de Dave Murray por Paul KossoffFree
A paixão de Dave Murray por Paul Kossoff

Classic Rock: os 50 maiores álbuns de rock progressivoClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

Yngwie Malmsteen: e se ele tocasse no Guns N' Roses, Pink Floyd ou AC/DC?Yngwie Malmsteen
E se ele tocasse no Guns N' Roses, Pink Floyd ou AC/DC?

Lamb of God: os álbuns da banda, do pior para o melhorLamb of God
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Marcondes Pereira

Marcondes Pereira, paulista, poeta, escritor e tradutor em início de carreira. Gosta de escutar e estudar todos os sub-estilos de Heavy Metal, também faz algumas palestras para difundir o fascinante universo do Metal e tem fascínio pelos discos conceituais.

Mais matérias de Marcondes Pereira no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336