Black Emotions: Um álbum naturalmente catártico

Resenha - Black Emotions - Beseech

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcondes Pereira
Enviar Correções  

9

"Black Emotions" (2000) é um álbum de Gothic Metal que consegue ser emocional de uma maneira muito fluída, sem soar datado ou como uma imitação de outros medalhões do estilo.

Pantera: "odiei gravar Cowboys From Hell", diz Phil AnselmoThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Bessech executa uma música bastante catártica, usando dos teclados para criar efeitos e climas exóticos que agem harmonicamente com as letras emocionais e diretas. Os vocais masculinos graves e os vocais femininos melancólicos soam naturalmente confessionais, introspectivos e dotados de originalidade, o que não é fácil de se fazer neste tipo de música.

Como o som não é detentor de um peso absurdo, nem de linhas vocais guturais, "Black Emotions" é o que pode ser chamado de álbum indicado para fãs de música em geral, pois suas canções são melódicas, acessíveis e diversificadas sem atingir graus extremos de ferocidade ou de bizarrices.

Beseech- Black Emotions
2000/ Pavement Music

Faixas:
1. Manmade Dreams
2. Firewalk
3. Little Demonchild
4. Ghoststory
5. Neon Ocean
6. Lunar Eclipse
7. Velvet Erotica
8. Universe (Instrumental)
9. Wounded
10. Black Emotions (Instrumental)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pantera: odiei gravar Cowboys From Hell, diz Phil AnselmoPantera
"odiei gravar Cowboys From Hell", diz Phil Anselmo

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Marcondes Pereira

Marcondes Pereira, paulista, poeta, escritor e tradutor em início de carreira. Gosta de escutar e estudar todos os sub-estilos de Heavy Metal, também faz algumas palestras para difundir o fascinante universo do Metal e tem fascínio pelos discos conceituais.

Mais matérias de Marcondes Pereira no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL