Overkill: resgatando o passado em novo registro ao vivo

Resenha - Live In Overhausen - Overkill

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Veronesi
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Live In Overhausen é o título do mais novo álbum ao vivo dos thrashers do Overkill (lançado também em DVD e Blu-Ray). Um singelo trocadilho com o nome da cidade onde o evento foi realizado: Oberhausen, localizada em uma área rural da Alemanha.
Trata-se de um show especial gravado em 16 de Abril de 2016, onde o grupo de New Jersey apresentou na íntegra dois de seus discos mais aclamados: Horrorscope e Feel The Fire.

Apesar de não apresentar absolutamente nada de novo, o registro é bastante interessante, pois aqui podemos escutar como algumas excelentes canções antigas estão soando atualmente. Coma, Thanx For Nothin', Bare Bones, Rotten To The Core, Hammerhead, Feel The Fire e outras se fazem presentes em versões absolutamente viscerais. Esta é também a oportunidade de conferir versões ao vivo de sons que nunca ou raramente são tocados, como Live Young Die Free, Soulitude, There's No Tomorrow, Blood And Iron e Kill At Command. Além da totalidade dos 2 álbuns anteriormente citados, o registro tem seu encerramento com a incessante e obrigatória Fuck You, cover do Subhumans, que à essa altura já deve ser de direito dos norte-americanos por "Usucapião".

A qualidade da gravação é excelente, todos os instrumentos podem ser ouvidos com precisão, e as músicas são muitíssimo bem executadas, como não poderia deixar de ser. Bobby "Blitz" Ellsworth (vocal), D.D. Verni (baixo), Dave Linsk (guitarra), Derek "The Skull" Tailer (guitarra) e Eddy Garcia (roadie da banda, responsável pelas baquetas neste show, substituindo o então baterista Ron Lipnicki, afastado na época por problemas familiares) entregam uma performance impecável e muito enérgica, com alto teor de peso e velocidade, o que já é de praxe em se tratando de Overkill.

Particularmente, sinto-me honrado por vivenciar o momento em que o Heavy Metal se encontra, com tantos grupos que beiram os 40 anos de carreira atravessando tão boa fase, como é, claramente, o caso deste.

O único ponto negativo que tenho a destacar é o excesso de interação com a platéia por parte do carismático Blitz. O álbum já é um bocado longo (pouco menos de 2h), e os pequenos "discursos" feitos ao término de grande parte das músicas podem tornar a audição, como um todo, um tanto enfadonha. Nada que alguns cortes e edições não pudessem ter resolvido facilmente.

Se você está cansado dessa "onda" de bandas clássicas revisitando suas obras antigas, passe longe deste álbum. Mas, se for um aficcionado pelo bom Thrash Metal old school, de raíz, e não se cansa nunca de ouvir os velhos petardos do gênero - assim como este que vos escreve - abra uma cerveja e coloque Live In Overhausen pra tocar no último volume. A satisfação é garantida!

TRACKLIST

01. Coma
02. Infectious
03. Blood Money
04. Thanx For Nothin'
05. Bare Bones
06. Horrorscope
07. New Machine
08. Frankenstein
09. Live Young Die Free
10. Nice Day... For A Funeral
11. Soulitude
12. Raise The Dead
13. Rotten To The Core
14. There's No Tomorrow
15. Second Son
16. Hammerhead
17. Feel The Fire
18. Blood And Iron
19. Kill At Command
20. Overkill
21. Fuck You (The Subhumans cover)

Comente: Ouviu o álbum? O que achou?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Overkill"


Overkill: Bobby Ellsworth fala sobre as constantes mudanças de formação na banda

Thrash Metal: os 10 melhores discos do século 21, segundo o LoudwireThrash Metal
Os 10 melhores discos do século 21, segundo o Loudwire

Notas altas: as dez mais impressionantes do Heavy MetalNotas altas
As dez mais impressionantes do Heavy Metal

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991


Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"

Discórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Fotos de Infância: Cradle Of FilthFotos de Infância
Cradle Of Filth

Megadeth: a canção que Dave Mustaine menos gostaMegadeth
A canção que Dave Mustaine menos gosta

Scorpions: James Kottak admite que é um alcoólatra em recuperaçãoScorpions
James Kottak admite que é um "alcoólatra em recuperação"

Judas Priest: Rob Halford compara Lady Gaga a MadonnaJudas Priest
Rob Halford compara Lady Gaga a Madonna


Sobre Alexandre Veronesi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGooILQ