Black Sabbath: "The Eternal Idol", um disco com a cara dos anos 80

Resenha - Eternal Idol - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Cunha
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Na segunda metade do ano de 1986, Ray Gillen (Badlands), ainda um desconhecido, é convidado para dar continuidade a turnê de Seventh Star, colocando sobre as próprias costas o peso de substituir a ninguém menos do que Glenn Hughes, que deixara o posto logo no início do giro. Naquela ocasião, a banda era formada por Tony Iommi (guitarra), Ray Gillen (vocal), Dave Spitz (baixo), Eric Singer (bateria) e Geoff Nicholls (teclados).

Black Sabbath: Geezer Butler explica porque trocou a guitarra pelo baixoRob Halford: explicando por que chutou o celular do fã durante o show

Encerrada a tour Seventh Star, a banda inicia o planejamento de The Eternal Idol, que, entretanto, seria marcado por uma série de conturbações motivadas pelo entra-e-sai de músicos. A primeira delas, foi o afastamento do baixista Dave Spitz, que andava "meio desinteressado". Para o seu lugar chamaram Bob Daisley (Ex Ozzy, Rainbow, Etc).

Na sequência são gravadas as bases e escritas as letras das músicas. As referidas bases fazem parte do que ficou conhecido como a primeira versão do disco, que posteriormente foi tornada pública. Logo em seguida, Bob deixa a banda que, meio desestimulada, continua trabalhando. Como tudo sempre pode piorar, logo no início do ano novo (1987) é a vez de Eric Singer deixar a banda. Sendo seguido também pelo então, vocalista, Ray Gillen.

Para o lugar de Ray, é chamado o multi-instrumentista Tony Martin, que, juntamente com os remanescentes, REGRAVA totalmente o álbum. Bev Bevan retorna à bateria (havia tocado na tour de Born Again) e, para o baixo, de novo Dave Spitz é convidado.

The Eternal Idol é lançado quase um ano após o início oficial das gravações, ou seja, em novembro de 1987. Musicalmente, o disco não é ruim, mas há quem o julgue mal. Obviamente, como reflexo do conturbado processo de gravação, muito houve por fazer por parte da engenharia de som. O que, entretanto, não torna o disco, insignificante. Sendo mesmo um dos favoritos deste que vos escreve. [...] Com excelentes composições e um bom trabalho por parte do produtor Jeff Glixman, "Eternal Idol" tem a cara dos anos 80. Servindo muito bem como representante da sonoridade de uma época marcada, ao mesmo tempo pelo romantismo e pela violência.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


Black Sabbath: Geezer Butler explica porque trocou a guitarra pelo baixoBlack Sabbath
Geezer Butler explica porque trocou a guitarra pelo baixo

Instrumental: dicas de hoje, um clássico do cinema e outro do metal

Ozzy Osbourne: Geezer Butler e Bill Ward não falaram com ele desde suas internaçõesOzzy Osbourne
Geezer Butler e Bill Ward não falaram com ele desde suas internações

Há 49 anos: Black Sabbath lançava o clássico Paranoid

Black Sabbath: 10 músicas lado b tão legais quanto as clássicas - Parte 1Black Sabbath
10 músicas "lado b" tão legais quanto as clássicas - Parte 1

Jeff Fenholt: ex-Black Sabbath e Jesus Cristo Superstar morre aos 68 anosJeff Fenholt
Ex-Black Sabbath e Jesus Cristo Superstar morre aos 68 anos

Black Sabbath: Tony Iommi fala novamente sobre a possibilidade de se reuniremBlack Sabbath
Tony Iommi fala novamente sobre a possibilidade de se reunirem

Rodz Online: 25 Anos de Philips Monsters of Rock 1994 (vídeo)Black Sabbath: "The Wizard" na trilha sonora da série Peaky Blinders

Black Sabbath: divulgada suposta primeira aparição do mascote da bandaBlack Sabbath
Divulgada suposta primeira aparição do mascote da banda

Heaven & Hell: divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de DioHeaven & Hell
Divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de Dio

Black Sabbath: em 1990, Tony Martin mostra todo seu potencial

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Black Sabbath: banda estará na trilha sonora da quinta temporada da série Peaky BlindersBlack Sabbath
Banda estará na trilha sonora da quinta temporada da série Peaky Blinders

Black Sabbath: 25 anos de um álbum subestimadoBlack Sabbath
25 anos de um álbum subestimado

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Supernatural: uma das melhores trilhas sonoras para uma sérieSupernatural
Uma das melhores trilhas sonoras para uma série

Ozzy sobre Dio: Um vocalista muito poderosoOzzy sobre Dio
"Um vocalista muito poderoso"


Rob Halford: explicando por que chutou o celular do fã durante o showRob Halford
Explicando por que chutou o celular do fã durante o show

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados

Guitar World: melhores solos de guitarra de todos os temposGuitar World
Melhores solos de guitarra de todos os tempos

Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas

Beatles - Perguntas e RespostasBeatles - Perguntas e Respostas

Estado Islâmico: jovem de 15 anos é decapitado por ouvir música ocidentalEstado Islâmico
Jovem de 15 anos é decapitado por ouvir música ocidental

Adrenaline Mob: Um pouco sobre David Z.Adrenaline Mob
Um pouco sobre David Z.


Sobre Ricardo Cunha

Apaixonado por música e estudante de Filosofia, juntou os interesses para escrever principalmente sobre rock e metal.

Mais matérias de Ricardo Cunha no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336