RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemOzzy Osbourne revela qual foi o melhor guitarrista de sua carreira solo

imagemRoger Waters atende a Rússia e faz discurso para o Conselho de Segurança da ONU

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemO triste motivo pelo qual o Pink Floyd não podia fazer contato com Syd Barrett

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemPor que Herbert Vianna gosta muito do riff de "Eu Quero Ver o Oco" do Raimundos?

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemVeja Dave Grohl cantando e agitando em show do Mercyful Fate

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemO show do Engenheiros do Hawaii sem Humberto, que eles achavam que havia sido sequestrado


Stamp

Basttardos: Difícil classificar, fácil de se agradar!

Resenha - O Último Expresso - Basttardos

Por Vitor Sobreira
Postado em 01 de outubro de 2017

Se ‘Dois Contra o Mundo’ foi o bilhete de passagem premiado para a viagem sonora proporcionada pelos cariocas do Basttardos, ‘O Último Expresso’ é a confirmação de que o trem nunca mais sairá dos trilhos, e quem perdê-lo na estação, precisa ser levado às pressas ao sanatório mais próximo!

Metáforas a parte, mais pesado, mais maduro, mais bem desenvolvido… São essas as impressões que temos ao ouvir o segundo trabalho do bando. As faixas, ainda que se mantenham bem diversificadas, se apresentam de uma maneira mais concreta, onde todos os elementos e características diversas são executados mais firmemente, dosando ainda melhor a enorme gama musical (sempre) presente.

A proposta foi mantida, com um número sem-fim de influencias sonoras (tente imaginar Hard Rock, Stoner, Metal, sutis doses de Hardcore e Alternativo…), além do lado visual, voltado ao Faroeste e Terror. Aproveitando o gancho, a interessante arte gráfica (tanto da capa, quanto da contracapa), idealizada por Alex Campos e feita por Alexandre Ferreira, enche os olhos, enquanto o som emana dos auto-falantes, em quase 23 minutos de excelentes composições.

A formação também se manteve a mesma, com o já citado Alex Campos (vocal, guitarra, violão, teclado e efeitos – além de ter cuidado da produção e composições), o misterioso ‘Terceiro Elemento’ (baixo) e Bernardo Martins (bateria), que alquimicamente, elaboraram e deram forma ao Basttardos, genuinamente.

O trabalho por si só é um tremendo destaque, com músicas bem gravadas e expressivas, mas é impossível deixar de citar as cinco faixas, e suas particularidades… "Basttardos" que é a primeira das cinco faixas, já escancara o poder de fogo do trio, logo após a sua introdução totalmente "Far West", com tudo aquilo que se ouvirá nas demais: peso, variedade e muita qualidade! "Licor de Cereja" vem um ritmo envolvente e por vezes hipnotizante, até que chega a "Despertar do Parto" – uma canção bem sentimental e carregada emocionalmente, e que inclusive ganhou um vídeo clipe. "Exilados" apresenta elementos agressivos, com levadas mais rápidas e vocais cheios de drive – pessoalmente, a minha preferida. Como sempre diz o velho ditado, que "tudo que é bom, dura pouco", chegamos ao fim com "Terceiro Elemento", igualmente em alta e com um refrão forte que gruda de imediato na cabeça.

E então? Ainda dá tempo de você embarcar no trem, e fazer parte do bando!

Formação:
Alex Campos (vocal, guitarra, violão, efeitos, teclado);
"Terceiro Elemento" (baixo);
Bernardo Martins (bateria)

Faixas:
01. Basttardos
02. Licor de Cereja
03. Despertar do Parto
04. Exilados
05. Terceiro Elemento.


Outras resenhas de O Último Expresso - Basttardos

Resenha - O Último Expresso - Basttardos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.
Mais matérias de Vitor Sobreira.