RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

Box-47: Do Hardcore ao Nu-Metal num piscar de olhos

Resenha - Trascendência - Box-47

Por Artie Oliveira
Postado em 06 de julho de 2017

Nota: 9

Transcendência, substantivo feminino que significa "ato de subir, de escalar, de mudar"... É exatamente o que o segundo álbum da banda campineira Box-47 nos apresenta!

Formada em meados de 2007 e com dois trabalhos já lançados, "Sigam-me os Loucos" e "Choque de Realidade", a Box-47 se firmou como uma das bandas da região que continua a tocar hardcore, porém, depois de dez anos eis que surge "Transcedência", um disco de... NU-METAL!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Calma, eu explico... Além de toda a influência evidente de Green Day, Blink-182 e Sum 41 desde o primeiro disco, todos sempre foram muito fãs de bandas como o Papa Roach, mas nunca conseguiram colocar isso em suas músicas, o que enfim transpareceu no álbum "Transcendência".

Usando de afinação aberta em Dó na maioria das faixas do disco, percebe-se que apesar de ter incorporado as influências do Nu-Metal, eles não abandonaram a veia do "pop-punk", como é o caso das músicas "Fórmula de Ilusão" e "Amizades Corrompidas", que consegue mesclar perfeitamente o novo e o velho e em alguns momentos remete a "New Colors", da banda americana Islander.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pensando em "Lado A" e "Lado B" de um disco, tem-se entre "Converse com seus Filhos" e "Random Personalities" o ponto de mudança entre tudo: arranjos, afinação, melodia vocal, etc. Das onze faixas (contando com a introsução), duas delas, "Heróis da Resistência e Autorretrato" foram apresentadas pela primeira vez ao público no programa RAW Sessions, do RG Estúdio de Americana/SP. Um ponto a de considerar é que a alternância entre as vozes entre Uill Lisboa e Matheus Lemos continua e agora conta com uma melhora significativa das linhas de voz de Uill, que soam mais naturais, condizentes com sua tessitura como vocalista. Uma evolução!
Por enquanto, o álbum só está disponível nas plataformas de streaming e contou com produção da própria banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

01. Intro
02. Abrindo os Olhos
03. Sua Vez
04. Fórmula da Ilusão
05. O Fim de Maio
06. Converse com seus Filhos
07. Random Possibilities
08. Esquece
09. Autorretrato
10. Heróis da Resistência
11. Amizades Corrompidas

Ouça em:
https://open.spotify.com/album/2su5tT0iVIrguFRXXM7WQa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Artie Oliveira

Campineiro de vinte e poucos anos que tá nesse negócio de roquenrou independente desde os 16 e não pretende picar a mula tão cedo.
Mais matérias de Artie Oliveira.