NervoChaos: O disco mais obscuro e brutal de sua carreira

Resenha - Nyctophilia - Nervochaos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

"Nyctoplilia", o prazer ou preferência pela noite, é um título que caiu muito bem para esse que é o sétimo álbum de estúdio da lenda do death metal brasileira NERVOCHAOS. Isso porque, sem dúvida alguma estamos diante do disco mais soturno, obscuro e brutal da banda até o momento.

Nervochaos: Consolidando o próprio nicho na cena da música extrema nacionalLed Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Claro que, como sempre, tivemos mudanças de formação na banda, sendo que apenas o líder Edu Lane (bateria) continua, contando agora com Thiago Anduscias no baixo, Cherry nas guitarras, e Lauro Nightrealm nas guitarras e vozes. Porém, isso não alterou em nada a fúria sonora da banda, que mantém suas raízes calcadas no death metal clássico, mas acabou por expandir suas possibilidades criativas.

E, até por isso, temos aqui alguns elementos de doom metal, e muito de thrash, tornando o material bem dinâmico e diversificado, e sem deixar o peso de lado em momento algum.

Faixas como "Maloch Rise", "Season of the Witch" e "Stained with Blood" mostram bem essa sonoridade mais obscura da banda, com um instrumental coeso e agressivo, com um plus dos excelentes vocais de Lauro, perturbadoramente cativantes.

Mas o grande destaque mesmo fica para "Rites of 13 Cemeteries", um thrash/death/crossover feito para destroçar o pescoço do pobre ouvinte.

A produção impecável, e a belíssima arte gráfica, são outros fatores que engrandecem ainda mais o material.

E, por isso tudo, temos o NERVOCHAOS lançando novamente um disco mais que indispensável em sua coleção, e um dos melhores álbuns da prolífica carreira desta lenda da música extrema nacional. Imperdível!

Nyctophilia - Nervochaos
(Cogumelo - 2017 - Nacional)

1. Moloch Rise
2. Ritualistic
3. Ad Majorem Satanae Gloriam
4. Season of the Witch
5. Waters of Chaos
6. The Midnight Hunte
7. Rites of 13 Cemeteries
8. Vampiric Cannibal Goddess
9. Stained With Blood
10. Lord Death
11. Dead End
12. World Aborted
13. Live Like Suicide

Comente: Já ouviu este disco? O que achou?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nervochaos"


Nervochaos: Consolidando o próprio nicho na cena da música extrema nacionalKZG: Edu Lane, do Nervochaos, é entrevistado por Gastão Moreira

Death Metal: 5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutarDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar

Krisiun: se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz MoysesKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz Moyses


Led Zeppelin: a inspiração por trás de KashmirLed Zeppelin
A inspiração por trás de "Kashmir"

Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adGoo336