Matérias Mais Lidas

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Após treta com Max Cavalera, Marc Rizzo elogia Andreas Kisser e novo disco do SepulturaApós treta com Max Cavalera, Marc Rizzo elogia Andreas Kisser e novo disco do Sepultura

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

A importante dica sobre política que Tico Santa Cruz recebeu de Fábio AssunçãoA importante dica sobre política que Tico Santa Cruz recebeu de Fábio Assunção

Anthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idadeAnthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idade

Judas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstreamJudas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstream


Stamp

Demolition: EP prepara os ouvidos para o primeiro full

Resenha - Manipulation For Tragedy - Demolition

Por Fabio Reis
Em 22/07/16

Desde que o Thrash ressurgiu das cinzas na virada do século, estamos sendo presenteados ano após ano, com excepcionais trabalhos de talentosas bandas que compõe uma nova safra pra lá de competente.O Brasil como sempre, é um dos maiores celeiros mundiais no estilo e nomes como Woslom, Jackdevil, Red Razor, Voodoopriest e Kamala, hoje são uma realidade no cenário.

O mais legal dessa renovação é que ela parece ser ininterrupta e a cada dia, nos deparamos com um novo grupo capaz de chamar a atenção e ser corretamente chamado de promissor. Num mercado concorrido como este, apenas as bandas diferenciadas sobreviverão e é aí que a Demolition entra em cena.

Formada em 2014, na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais, o grupo vinha alcançando certo destaque através do lançamento de dois ótimos vídeo clipes, um para a faixa "Illusion Of Fear", outro para "Infected Face" e no dia 4 de maio, o EP "Maniplation For Tragedy" foi oficialmente lançado, ainda com a participação do vocalista Zenn Augusto, porém por motivos pessoais, o cantor resolveu deixar a banda.

Para substituir Zenn, o grupo resolve apostar no talento de Thaís Teixeira, colocando um ponto de interrogação na cabeça de seus fãs, afinal, estavam com um material muito bom gravado, dois vídeos bastante divulgados e os CD's todos prensados, ficava a dúvida de como a nova vocalista se sairia cantando as músicas originalmente compostas para o ex-integrante.

A resposta da Demolition foi imediata e demonstrando muita seriedade, profissionalismo e respeito a seus fãs, regravaram todas as canções do registro com a intenção de exibir a performance de Thaís e mostrar que a banda segue firme, focada e a troca de músicos não afetou em nada o planejamento pré existente.

Não analisarei as composições com o antigo vocal, mas sim as novas versões com a Thaís e antes de dissertar sobre a musicalidade do grupo, devo apenas ressaltar que um material que já merecia ressalvas positivas e muitos elogios, se tornou simplesmente fantástico. Se dizem que o que está ruim, sempre pode piorar, somos obrigados a concordar que aqui ocorre o inverso, pois o que já era bom, melhorou e muito.

https://soundcloud.com/demolitionthrash/influence-new-vocals

O Thrash Metal executado pela banda é daqueles técnicos e agressivos, porém com uma grande quantidade de variações e referências a diferentes escolas do estilo, o que mostra o ecleticismo dos integrantes na hora de compor e principalmente, a facilidade de transmitir para a música esta vasta quantidade de elementos. Durante a audição, percebemos que as quatro canções são bem distintas e possuem características bem diferentes umas das outras.

A temática das músicas se complementam e giram em torno de um personagem oculto que através de etapas, manipula sua vítima e a leva para sua alto destruição. Em "Illusion Of Fear", a vítima é iludida pelo manipulador, que depois a infecta com propostas falsas e mentirosas ("Infected Face"). Na faixa "Influence", o manipulador já tem influência sobre as ações de sua vítima e o ápice ocorre em "Manipulation", onde totalmente manipulada, vai de encontro a sua destruição.

Se não bastasse o comprometimento lírico, é tocando que a banda realmente conquista o ouvinte. "Illusion Of Fear" abre o trabalho apresentando belos riffs e um refrão marcante, "Infected Face" possui um ritmo alucinante, "Influence" começa com uma passagem mais cadenciada para depois explodir em um Thrash consistente e a última composição, "Manipulation" (a minha preferida), é detentora de riffs matadores e algumas variações que fazem com que a composição seja simplesmente viciante.

Todos os músicos se destacam individualmente e desde as belas linhas e excelentes riffs de Gabriel Vieira, até a poderosa e precisa parte rítmica formada pelo baixo de Junior Silveira e a bateria de Wagner Oliveira, a Demolition esbanja entrosamento e o trabalho de equipe fica evidenciado como mais uma ressalva positiva.

Na parte vocal, é impossível não tecer comparações, já que o trabalho de Thaís Teixeira se encaixou de forma perfeita na musicalidade do quarteto e sem meias verdades, é anos luz à frente do executado pelo antigo integrante. Os timbres são mais agressivos, mais ríspidos e mais técnicos, dando uma roupagem nova e mais visceral para as músicas (que já eram boas).

Em suma, "Manipulation For Tragedy" deixa aquele gostinho de quero mais e prepara os ouvintes para a chegada do primeiro full da Demolition, que deve ser lançado até o final de 2016. Para quem reclama de que não aparecem boas bandas atualmente, eis aqui uma bela oportunidade de conhecer um grupo com potencial e talento de sobra. Banda extremamente promissora e que deve alçar voos mais altos, recomendo!

Integrantes:

Wagner Oliveira (bateria)
Thaís Teixeira (vocal)
Junior Silveira (baixo)
Gabriel Vieira (guitarra)

Faixas:

01. "Illusion Of Fear"
02. "Infected Face"
03. "Influence"
04. "Manipulation"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis.