Sinbreed: Ainda arrebenta, mas chegou a hora de se reinventar

Resenha - Master Creator - Sinbreed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes, Fonte: Sinfonia de Ideias
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

De trocentas bandas do estilo que surgiram recentemente por aí, o Sinbreed é uma das que compensam o tempo gasto. Composições inspiradas e instrumentação impecável são as armas do quarteto. Como os outros dois discos do Sinbreed, When Worlds Collide e Shadows, Master Creator traz ótimos momentos, principalmente "Creation of Reality", "The Riddle", a faixa título e o encerramento "On the Run".

Blind Guardian: capa de novo álbum orquestrado é divulgadaAstros do rock: o patrimônio líquido de cada um

Seguindo a fórmula da banda, são 45 minutos consistentes e quase sem "sustos". De peculiar, temos "On the Run", com a indefectível gaita de fole de Frederik; e a balada "At the Gate", atípica para eles, embora clichê no gênero - eu mesmo havia dito na resenha do álbum anterior que baladas não fariam falta, mas é preciso admitir que esta tem algo a mostrar.

Não posso deixar de notar, contudo, que a fórmula do Sinbreed já está começando a apresentar sinais de desgaste. Ainda são ótimos no que fazem, mas considerando a saturação do gênero, não seria um tiro no pé investir em algo mais original ou, pelo menos, dar mais bombasticidade ao som.

Seria a ausência do guitarrista Marcus Siepen, do Blind Guardian, que deixou o supergrupo por conflitos de agenda? Possível. E talvez por isso, também, "At the Gate" tenha vindo a calhar. Ajuda a quebrar a mesmice. É fato que Master Creator ainda faz jus à capacidade do Sinbreed, mesmo não empolgando tanto quanto os lançamentos anteriores - mas a banda não seria infeliz se tenteasse sair da zona de conforto.

Abaixo, o lyric vídeo de "Creation of Reality":

Track-list:
1. "Creation of Reality"
2. "Across the Great Divides"
3. "Behind a Mask"
4. "Moonlit Night"
5. "Master Creator"
6. "Last Survivor"
7. "At the Gate"
8. "The Riddle"
9. "The Voice"
10. "On the Run"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sin Breed"Todas as matérias sobre "Blind Guardian"


Blind GuardianBlind Guardian
Capa de novo álbum orquestrado é divulgada

Blind Guardian: Em 1995, banda começa a ganhar o mundo

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ricardo Confessori e Hansi Kursch

Metal SinfônicoMetal Sinfônico
Dez álbuns essenciais do gênero

Metal sinfônicoMetal sinfônico
Os 10 melhores segundo o TeamRock


Astros do rockAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Astros mortosAstros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

Planet RockPlanet Rock
As quarenta maiores vozes da história do rock

Mulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesaHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaIron Maiden: os incidentes que envolveram a banda no BrasilVenom: Quem são as crianças da capa do "Possessed"?

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336