Rotten Filthy: Mais um filho da antiga escola do Sepultura

Resenha - Inhuman Sovereign - Rotten Filthy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Pitombeira
Enviar Correções  

8

Vindos do sul do Brasil, os músicos do ROTTEN FILTHY debutam neste "Inhuman Sovereign", trazendo para o cenário um Thrash/Death Metal muito consistente e que pode se tornar referência em alguns anos.

publicidade

O material foi lançado pela Eternal Hatred Records no Brasil, o que já meio que garante uma distribuição em grande escala ao disco. Desta forma, alcançando muito do seu público alvo, e conseguindo agendar shows no maior número de cidades possíveis, o ROTTEN FILTHY pode vir a ser um dos nossos grandes representantes do Metal Extremo não só por aqui, como também no exterior. Como destaques, aponto as ótimas "Triger to Degeneration" e "Sink", por serem extremamente diferentes entre si, o que demonstra muita variedade ao álbum. Enquanto a primeira é mais paulada e foi o primeiro single lançado, a segunda tem um andamento midi-tempo que agrada em cheio já numa primeira audição.

publicidade

Material indicado para os fãs do saudoso SEPULTURA, obviamente da fase dos irmãos Cavalera. Este trabalho possui referências explícitas aos álbuns "Beneath The Remains" e "Arise", mas nada que comprometa ou que o taxe como mera cópia. Ouça e comprove!

Eternal Hatred Records

Track List:
01. Black World
02. Trigger To Degeneration
03. Sink
04. When Hell Finds You
05. Mental Cataclysm
06. Drown Me In The Mouths Of Madness
07. The Garbage´s Queen
08. Room Of Tears
09. From The Sky, They Come
10. Supreme Chaos
11. Tomb Of Forgotten

publicidade

Formação/Formation:
Murilo Moreira: guitarrista e vocalista/guitarist and vocalist
Alex Rodrigues: guitarrista/guitarist
Marcello Caminha Filho: baixista/bass player
Guilherme Machine: baterista/drummer



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


CD vs Vinil: não diga que o som do vinil é melhor - porque não éCD vs Vinil
Não diga que o som do vinil é melhor - porque não é

Curiosidades: 40 fatos inacreditáveis do rockCuriosidades
40 fatos inacreditáveis do rock


Sobre Fabio Pitombeira

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero Empty Grace, Mordydia, Káfila, entre outros.

Mais matérias de Fabio Pitombeira no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin