[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Metal Allegiance: uma celebração ao heavy metal

Resenha - Metal Allegiance - Metal Allegiance

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collectors Room
Postado em 13 de fevereiro de 2016

O Metal Allegiance, como o nome indica, é um supergrupo formado por vários dos principais nomes da cena atual do heavy metal. O line-up básico conta com Alex Skolnick (guitarra, Testament), David Ellefson (baixo, Megadeth) e Mike Portnoy (bateria, The Winery Dogs e ex-Dream Theater), além do compositor e baixista Mark Menghi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Completam a banda, e são os seus principais diferenciais, as várias participações especiais em cada uma das faixas presentes no disco de estreia do grupo. Batem ponto por aqui Randy Blythe (Lamb of God), Gary Holt (Exodus e Slayer), Troy Sanders (Mastodon), Rex Brown (Pantera), Chuck Billy (Testament), Phil Demmel (Machine Head), Andreas Kisser (Sepultura), Phil Anselmo (Pantera, Down), Mark Osegueda (Death Angel), Cristina Scabbia (Lacuna Coil), Matt Heafy (Trivium), Doug Pinnick (King’s X), Jamey Jasta (Hatebreed), Misha Mansoor (Periphery), Ben Weinman (The Dillinger Escape Plan), Charlie Benante (Anthrax), Ron "Bumblefoot" Thal (Guns N’ Roses), Chris Jericho (Fozzy), Tim Owens (ex-Judas Priest e Iced Earth), Alissa White-Gluz (Arch Enemy) e Steve "Zetro" Souza (Exodus). Ufa …

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Como se percebe, as participações especiais do Metal Allegiance fogem do lugar comum habitual dos discos tributo, onde os nomes envolvidos geralmente são de segunda linha. Aqui, com raras exceções, temos a presença de músicos de inegável reputação, muitos deles vivendo o auge dos seus poderes. E isso, evidentemente, se reflete no resultado do disco de estreia do projeto.

O álbum é uma celebração ao heavy metal, um tributo ao gênero. Mas isso não é feito através de releituras de clássicos do estilo, mas sim com composições inéditas. Musicalmente, temos faixas focadas em um aspecto mais contemporâneo, com muito peso e groove. A performance instrumental é primorosa, e não se esperaria algo diferente levando em conta o alto gabarito dos nomes presentes. Em relação aos vocais, cada artista traz para o material as suas características particulares e marcantes, resultando em uma saudável variedade auditiva. Assim, temos Randy Blythe acabando com tudo logo na faixa de abertura, enquanto Troy Sanders mostra mais uma vez o seu belo timbre. Chuck Billy caminha no thrash, Scabbia faz um dueto com Osegueda, e assim por diante. São músicas muito bem escritas, e que constroem um tracklist consistente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Os destaques principais são "Gift of Pain" (com Blythe e Holt), "Let Darkness Fall" (Sanders) e "Can't Kill the Devil" (com Chuck Billy e uma introdução chupada de "Seasons in the Abyss", do Slayer). Menções também para a instrumental "Triangulum" e para a versão de "We Rock", clássico do Dio.

Um bom disco, com um resultado final superior a maioria destas reuniões de músicos. Resumindo: diversão garantida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Death Magnetic - Metallica


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS