Inexorable: Exaltando a morte

Resenha - Morte Sola - Inexorable

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

5

Da Alemanha vem essa banda estranha que provavelmente conta com três membros (os caras se mantêm à surdina). O som é tão estranho quanto todo o resto, mas não é nenhum bicho de sete cabeças, já que a banda destina seu foco ao Death Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, o Metal da morte (tema este bem exaltado em suas letras) imposto pela banda transita pelas fileiras do Black Metal, Horror Gore e soa um tanto quanto oculto. O problema é que a produção é meio chula, abafada e o som um tanto quanto indigesto de início, necessitando várias ouvidas para conseguir compreender a proposta.

O que encontramos são riffs desconexos, abafados em demasia (às vezes) e uma variação rítmica interessante, fazendo com que a banda soe brutal em alguns momentos e soturna em outros. O fato é que o Inexorable procura ser o menos convencional possível, e consegue.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Até nas vocalizações o grupo se mostra diferente misturando gutural, rasgado, limpos em alguns momentos e até sussurros como backing vocals. Enfim, temos aqui uma insanidade em forma de Metal extremo e obscuro que pode até agradar alguns, mas que no final é bem chato.

http://www.in-morte-sumus.de/
https://www.facebook.com/Inexorable-513581785340017/timeline...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


O Surto: Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in RioO Surto
"Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in Rio"

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?Andre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336