Matérias Mais Lidas

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemTrês novas bandas serão anunciadas como atrações do Knotfest Brasil

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemSamuel Rosa chama guitarrista do Pearl Jam de "menino mimado" por quebrar instrumentos

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemOzzy diz que chamou Jimmy Page para novo álbum, mas guitarrista nunca respondeu

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemDave Mustaine não queria usar as ideias de Ellefson, diz ex-baixista do Megadeth

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemMúsico de Los Angeles compartilha foto recente de Alex Van Halen

imagemDave Mustaine revela que Megadeth gravou cover do Judas Priest para a Amazon

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos


2022/08/18
Stamp

Keel: Estabelecendo a Lei do Rock

Resenha - Lay Down The Law - Keel

Por Vitor Sobreira
Em 20/12/15

Nota: 7

Quando acontece a fusão entre Heavy Metal e Hard Rock, pode-se esperar que o "bicho vai pegar", e independente do número de bandas que já fizeram (e ainda fazem) esta mistura, é sempre bom agradar o nosso organismo com um som desses. Ron Keel apostou nesta combinação perigosa, e o resultado você pode conferir logo abaixo. Está pronto?

Guitarras pesadas, bateria forte e vocais característicos marcam este disco em músicas simples, porém caprichadas e de muito bom gosto. A gravação não é das melhores, mas dá para curtir mesmo assim, e, o fator que compensa esse demérito, é a variedade e o contraste entre algumas faixas, como por exemplo, a forte balada 'Princess of Illusion', onde Ron canta com voz limpa e muita emoção, e a porrada Heavy de 'Tonight You're Mine', que começa com uma bateria bem potente e mantém o ritmo pesado e veloz até o final. É impressionante, pois nem parecem que estão no mesmo disco ou são da mesma banda!

Se até aqui você já se interessou, e ainda por cima, gosta dos Rolling Stones, então fique sabendo também que o Keel fez uma versão muito boa para 'Let's Spend the Night Together', que não poderia ter ficado melhor. Dando sequencia as pérolas do disco, e além da expressiva capa, também tenho a obrigação de citar a faixa que nomeia o trabalho 'Lay Down the Law', onde no refrão esta frase gruda como chiclete na cabeça, além de contar com uma levada bem hipnótica, o "hino" 'Metal Generation' e seus riffs e melodias inspiradas, a também rápida (não tanto quanto a anterior já citada) 'Speed Demon' e a contagiante 'Born Ready'.

Este é daquele típico som da primeira metade dos anos 80, com muito peso, malícia e paixão, no entanto, também (em comparado com outros grupos) é um som que mostra uma banda "obscura", que não teve a chance de ir mais longe no futuro, e atualmente é lembrada por poucos, mas com admiração e respeito, por suas músicas verdadeiras que nos revelam que o grupo deveria ter ganho muito mais do que conseguiu, ou seja, mais um típico caso de injustiça. Mesmo assim, ajude a manter pelo menos o que restou dessa chama brilhante que foi e ainda é o Keel, e curta pra valer este 'play'!

Músicas:
1 - Thunder and Lightning
2 - Lay Down the Law
3 - Speed Demon
4 - Princess of Illusion
5 - Born Ready
6 - Metal Generation
7 - Till Hell Freezes Over
8 - Tonight You're Mine
9 - Let's Spend the Night Together (The Rolling Stones cover)

Formação:
Ron Keel - Lead Vocals, Guitars
Marc Ferrari - Guitars, Vocals
Bryan Jay - Guitars, Vocals
Kenny Chaisson - Bass, Vocals
Steve Riley - Drums, Vocals

Lançamento: 1984 - Shrapnel Records.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Black Sabbath: Ron Keel acredita que teria sido um bom vocalista para a banda

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira.