Circle II Circle: Uma das melhores bandas do estilo atualmente

Resenha - Reign Of Darkness - Circle II Circle

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fabio Reis
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Parece que foi ontem que peguei o primeiro disco do Circle II Circle, "Watching In Silence" (2003), nas mãos e fiquei de queixo caído com a musicalidade impecável da banda. O tempo passa e de lá pra cá já se foram 12 anos, o grupo chega ao seu sétimo trabalho com este ótimo "Reign Of Darkness" e mantém a qualidade de sempre.

5000 acessosRoadrunner: os álbuns mais desprezados de todos os tempos5000 acessosPaul Di Anno: Qual a opinião dele sobre os vocais de Bruce Dickinson?

Como todos devem saber, a banda conta com o talentosíssimo Zak Stevens nos vocais, conhecido por seu trabalho a frente do lendário Savatage. Aqui, o músico mostra uma maturidade absurda e consegue mesclar elementos já conhecidos por seus fãs, com uma sonoridade moderna e empolgante. Pode-se dizer que o novo lançamento consegue ser fiel ao Metal praticado nos álbuns anteriores e mesmo assim, soa como uma reinvenção ou uma espécie de novo começo.

Este é o terceiro registro consecutivo lançado pela earMUSIC e mostra um grupo em constante evolução e crescimento. Zak passa por uma fase muito especial em sua carreira e após tocar no Wacken para aproximadamente 80.000 pessoas com o Savatage, o momento é coroado com a chegada de "Reign Of Darkness". É inegável que a proposta do Circle II Circle acaba indo de encontro com o que o músico produziu em trabalhos como "Handful Of Rain" (1994) e "The Wake Of Magellan" (1997), mas com uma identidade própria muito forte e sempre adicionando novos elementos a sonoridade do grupo, portanto jamais soando como uma cópia de si mesmo.

O disco possui composições extremamente cativantes e das 11 ótimas canções que compõe o álbum, destaco "Victim Of The Night", "Ghost Of The Devil", "Untold Dreams", "Somewhere", "Deep Within" e a belíssima balada "Solitary Rain". Tecnicamente, temos um trabalho que beira a perfeição, os riffs e solos dos guitarristas Christian Wentz e Bill Hudson são sob medida e executados com precisão cirúrgica, o baixo de Paul Michael Stewart, juntamente com a pegada precisa do brasileiro Marcelo Moreira (ex-Almah) nas baquetas, formam uma cozinha eficiente e funcional. Zack como sempre é um show a parte e desfila toda sua técnica e classe enquanto o tecladista Henning Wanner surpreendi com um trabalho primoroso, que chega a lembrar em diversos momentos, as linhas de teclado reproduzidas pelo mestre Jon Oliva.

Recentemente o Circle II Circle se viu obrigado a cancelar algumas datas que fariam no Brasil, onde tocariam como convidados especiais ao lado do Blind Guardian. Com o lançamento de "Reign Of Darkness" e também a eventual entrada de Marcelo Moreira na banda, fica a torcida para que venham ao país o mais rápido possível e que possamos presenciar a performance desta, que com toda certeza, é uma das melhores bandas do estilo atualmente.

Altamente recomendado.

Integrantes:

Zachary Stevens (Vocal)
Mitch Stewart (Baixo)
Bill Hudson (Guitarra)
Christian Wentz (Guitarra)
Marcelo Moreira (Bateria)
Henning Wanner (Teclado)

Faixas:

1 - Over-Underture
2 - Victim Of The Night
3 - Untold Dreams
4 - It’s All Over
5 - One More Day
6 - Ghost Of The Devil
7 - Somewhere
8 - Deep Within
9 - Taken Away
10 - Sinister Love
11 - Solitary Felipe Rain

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Reign Of Darkness - Circle II Circle

1033 acessosCircle II Circle: Voltando à velha forma em novo trabalho

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de outubro de 2015

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Circle II Circle"

Bill HudsonBill Hudson
Bangers do BR são persecutivos e têm baixa autoestima

Exportando metalExportando metal
Músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringas

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Circle II Circle"

RoadrunnerRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos

Paul Di AnnoPaul Di Anno
Qual a opinião dele sobre Bruce Dickinson?

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Tudo o que você sempre quis saber sobre ele

5000 acessosMetal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicas5000 acessosNo alto do castelo há uma linda princesa...5000 acessosPlayback.FM: saiba qual a música mais tocada nas rádios no dia que você nasceu5000 acessosN.W.A.: Rapper Dr Dre diz que Axl Rose o acordou para o sucesso5000 acessosAngra e Detonator: "Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"5000 acessosMetallica: Irmãs gêmeas tocam música da banda na harpa

Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online