Phantom: Ótimo trabalho, mesclando metal moderno e old school

Resenha - Psycho Minds - Phantom

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá, Fonte: Entrou na Sala
Enviar Correções  

8


Com uma pegada bem interessante, calcada no metal oitentista, mas trazendo elementos mais modernos em evidência, com influências em especial do "estilo europeu" do metal tradicional, os curitibanos do PHANTOM mostram muita qualidade nesse seu novo trabalho, que acaba de ser lançado via MS Metal Records.

Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackBlack Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O som dos caras traz ainda latentes influências de hard rock, e de power metal, criando um som vibrante e cheio de personalidade, como em "Kill n' Run", uma das faixas mais variadas do disco, e que mostra que os caras não ficam apenas seguindo os padrões do estilo, e buscam uma sonoridade mais abrangente e diversificada

Já em outros momentos, como em "Abduction", Hard Like Steel" e "Traveler", o metalzão apresentado pelos caras é mais direto e sem muitas firulas, mas não deixa de ser interessante.

O instrumental é preciso, com ótimos riffs, e a cozinha é técnica na medida certa, sem exageros. Já os vocais de Rafael Valente lembram um pouco o de bandas como STORMWARRIOR e VHALDEMAR, com um timbre sujo e rasgado, condizente com a sonoridade da banda.

Um trabalho coeso e forte, que certamente traz todos os predicados para agradar com facilidade os fãs de todas as vertentes metálicas.

Psycho Minds - Phantom
(MS Metal Records - Nacional - 2015)

1. Broadcast
2. Abduction
3. Hard Like Steel
4. Free Will
5. Kill n Run
6. Warned
7. Traveler
8. Queen of Darkness
9. Agent of Chaos
10. Hope


Outras resenhas de Psycho Minds - Phantom

Resenha - Psycho Minds - PhantomResenha - Psycho Minds - Phantom



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

Black Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaBlack Sabbath
A passagem de Ian Gillan pela banda


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor