RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

The Aristocrats: Um disco para ser apreciado

Resenha - Aristocrats - Aristocrats

Por Felipe Santos
Postado em 26 de maio de 2015

Quando conheci de THE ARISTOCRATS (antes mesmo de ouvir qualquer musica) fiquei pensando isso não tem como dar errado, Guthrie Govan já havia estava entre meus guitarristas favoritos graças ao álbum "Erotic Cakes", Bryan Beller não conhecia sua carreira, mas lembrava dele no dvd do Steve Vai "Where The Wild Things Are" (vejam a versão de "Cry Machine" neste dvd), e Marco Minnean conhecia apenas como o cara que tocou muito na audição do Dream Theater.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum abre de forma "maluca", com "Boing!...I´m In The Back", que parece literalmente "passear pelo tempo" graças a alternância repentina entre o filtro de áudio utilizado para parecer algo antigo e o som mais "limpo", os músicos se mostram versáteis principalmente no momento mais "calmo" da musica, e o wah wah utilizado por Bryan Beller é um show a parte.

Um riff potente de Guthrie abre "Sweaty Knockers" embalado pelo baixo presente de Bryan e a linha bateria de Marco que assim como Mike Portnoy, Mike Mangini, Virgil Donati, Bruno Valverde, consegue trazer feeling extraordinário ao instrumento (quem o viu tocando "The Spirit Carries On" na audição do Dream Theater já sabe), e assim a música avança em de forma "quebrada" com diferentes momentos do mais "calmo" ao mais "pesado", destaque para o excelente solo de Guthrie, e da mesma forma ele abre "Bad Asteroid" com um riff "pegajoso", "viciante" e cheio de chorus, é nessa faixa que THE ARISTOCRATS começou a não somente ser uma banda de músicos de primeiro escalão, mas se tornou uma das bandas que mais gosto da atualidade, "Bad Asteroid" é uma faixa muito gostosa de ouvir e a maneira em que os músicos "se conversam" é o grande destaque não só desta faixa, mas de tudo o que THE ARISTOCRATS lançou, é literalmente a união musical de três grandes músicos, não somente um álbum de guitarra, baixo ou bateria é um álbum de música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum segue com a cheia de groove, "Get it Like That", assim como a anterior esta música não sairá da sua cabeça, faixa esta que muda literalmente do funk para metal, e assim para a metade do disco com "Furtive Jack", "I Want a Parrot" e "See You Next Tuesday", ambas sensacionais, com linhas de baixo e bateria muito criativas, e assim vamos para o blues mais "maluco" e "sem pé nem cabeça" que eu já ouvi na vida, "Blues Fuckers", esta faixa é a perfeita desconstrução de um blues, isso fica ainda mais claro quando tocada ao vivo (procure pelo recém lançado dvd "Culture Clash Live!"), e após essa maluquice vemos a equivalente a "Always With You Always With Me" do Joe Satriani, "Flatlands" essa "balada" que fecha o álbum, assim como as músicas citadas é estranhamente a faixa que eu imediatamente associo a banda, ela não é a melhor do álbum porem o clima da musica, o feeling apresentado é único.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O autointitulado álbum do THE ARISTOCRATS é álbum instrumental exemplar, eclético, de músicas marcantes, execução perfeita sem exageros, após este álbum foi lançado o excelente "Culture Clash", que explorou ainda mais a criatividade dos músicos, e um novo álbum esta por vir chamado "Tres Calballeros".

Setlist:
1 Boing!... I´m in the Back
2 Sweaty Knockers
3 Bad Asteroid
4 Get It Like That
5 Furtive Jack
6 I Want A Parrot
7 See You Next Tuesday
8 Blues Fuckers
9 Flatlands

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal