Matérias Mais Lidas

Baixistas: os 30 maiores de todos os tempos - até um youtuber entrou na listaBaixistas
Os 30 maiores de todos os tempos - até um youtuber entrou na lista

Covers: dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolosCovers
Dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolos

Toyah Willcox e Robert Fripp: Confira versão de Sweet Dreams, do EurythmicsToyah Willcox e Robert Fripp
Confira versão de "Sweet Dreams", do Eurythmics

AC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palcoAC/DC
As ordens de Malcolm para quem ia subir ao palco

Crypta: Os seis heróis de Fernanda Lira no baixoCrypta
Os seis heróis de Fernanda Lira no baixo

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

AC/DC: a reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vezAC/DC
A reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vez

Kiss: veja o rápido show de volta aos palcos em Nova IorqueKiss
Veja o rápido show de volta aos palcos em Nova Iorque

Iron Maiden: As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a LoudwireIron Maiden
As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a Loudwire

Guns N' Roses: quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da políciaGuns N' Roses
Quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da polícia

Chorão: quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e RenatoChorão
Quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e Renato

Brian May: por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palhetaBrian May
Por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palheta

Epica: saiba tudo o que rolou em Omega Alive, a superproduzida livestream da bandaEpica
Saiba tudo o que rolou em "Omega Alive", a superproduzida livestream da banda

Rock e organização: músicas para deixar a faxina do final de semana mais animadaRock e organização
Músicas para deixar a faxina do final de semana mais animada

Go Ahead and Die: Novo projeto de Max e Igor Amadeus Cavalera lança álbum de estreiaGo Ahead and Die
Novo projeto de Max e Igor Amadeus Cavalera lança álbum de estreia


Blind Guardian
Stamp

Kissin' Dynamite: Megalomaníacos com razão

Resenha - Megalomania - Kissin' Dynamite

Por Kito Vallim
Em 19/05/15

Nota: 9

O Kissin’ Dynamite já tem algum tempo de estrada, 4 álbuns de estúdio e a surpreendente média de 23 anos de seus integrantes que formaram a banda ainda no colégio. A maturidade do som é algo incrível para um grupo tão jovem.

Já conhecia a banda há algum tempo, costumava ver os, sempre bem feitos, vídeos do Kissin’ Dynamite, mas, recentemente, adquiri uma cópia do mais recente álbum MEGALOMANIA e o que ouvi me levou em uma jornada musical tão surpreendente que resolvi me aventurar a escrever um review.

O álbum abre com a direta "DNA" que conta com um riff pegajoso e refrão poderoso e com surpreendentes influências de música eletrônica que deixam o som do Kissin’ Dynamite moderno, mas os elementos são colocados de tal forma que não desliga o som de suas raízes, focadas na escola alemã, com bandas como Accept, Edguy e Scorpions, flertando levemente com o hard rock oitentista. A mistura fica original! É uma excelente faixa de abertura e um grande single.

A faixa seguinte, "Maniac Ball", tem uma introdução com mais groove mantendo a sonoridade moderna da faixa anterior. Menos direta do que a primeira, ela apresenta ama estrutura diferente do usual e um refrão pegajoso que vai te fazer cantar junto algumas vezes. Destaque para o belo trabalho nas linhas de baixo dessa música!

"VIP In Hell" apresenta uma face muito mais agressiva da banda, apresentando, inclusive, momentos de blast beat com a bateria. Incrível como uma banda consegue abrir um CD com 3 composições tão diferentes entre si, mas manter a cara da banda em todos os momentos, a forma como a banda se impõe, mostrando sua identidade em composições criativas, é algo raro hoje em dia, em que a maioria das bandas busca fazer "mais do mesmo" ou se perde em composições tão diferentes que, ao ouvir um disco, parece que estamos ouvindo diversas bandas diferentes.

Após a trinca matadora no começo, temos a baladinha "Fireflies", que, como toda baladinha, possui um violão e um refrão com uma bela melodia (e que não sai mais da sua cabeça). Mas essa baladinha não segue nenhum padrão "18 and life" do Skid Row ou "To Be With You" do Mr.Big. Ela possui um clima um pouco menos feliz, diria que até melancólico. E vai crescendo ao longo da música. Eu sou um tipo de pessoa que ta cansado de ouvir bandas fazendo baladinhas, isso perdeu o sentido depois da explosão de bandas pesadas vendendo baladinhas na MTV. Mas essa música é relevante. Os arranjos, cada detalhe dela vale a pena ser conferido.

A faixa "Deadly" possui partes mais pesadas e um refrão mais cadenciado, uma boa escolha após uma baladinha e acrescenta o clima certo para a grande música que vem logo após.

"God In You" começa com uma introdução que poderia ser de alguma banda de industrial e cresce de uma forma inexplicável! Ela possui arranjos muito variados, mostrando a criatividade do quinteto Alemão. Ela é densa e possui riffs pesados. A minha favorita do CD! O Solo dela é sensacional!

"Running Free" é mais um single do CD, possui um andamento mais direto, mas nem por isso podemos dizer que ela é menos pesada ou comercial demais. O Ritmo que a bateria leva é muito bom e um refrão extremamente empolgante! Riffs muito inspirados!

O álbum vai se encaminhando para o fim com um riff pesado, com muita música eletrônica, flertando com influências variadas. A música "Legion of The Legendary" é mais lenta, densa e pesada. Uma música com quebras de tempo, acho que eles tentaram experimentar novas idéias e, nesse caso, funcionou muito. Um próximo trabalho nessa linha traria resultados interessantes.

"The Final Dance" é o toque certo para o fim do álbum. Começa com voz e piano, uma segunda baladinha, com um ótimo arranjo e belas melodias. Uma música do tipo "acender o isqueiro" em um show com um solo de nos encher de lágrimas e um refrão emocionante.

"Ticket To Paradise" é o gran finale!! Guitarras pesadas, um ritmo forte e muito flerte com um metal mais moderno que no momento do refrão nos leva de volta ao que melhor tínhamos nos anos 80! A música em si não é a mais pesada ou agressiva do CD, mas com certeza é uma das mais criativas do álbum!

KISSIN’ DYNAMITE! Guarde esse nome! Com certeza é uma das bandas mais promissoras do velho continente! Jovens, maduros, com personalidade, técnica, criatividade de sobra e sem medo para buscar formas de quebrar barreiras! Eles têm aquilo que é necessário para subir até o topo! Ainda há muito o que melhorar, mas já se encontram em um nível excepcional. Fiquem atentos a esse nome, talvez esse megalomaníacos realmente eles dominem o mundo!

KISSIN’ DYNAMITE:
Johannes Braun – Vocal
Ande Braun – Guitarra
Jim Müller – Guitarra
Steffen Haile – Baixo
Andreas Schnitzer – Bateria

MEGALOMANIA (2014)

01.DNA
02.MANIAC BALL
03.VIP IN HELL
04.FIREFLIES
05.DEADLY
06.GOD IN YOU
07.RUNNING FREE
08.LEGION OF THE LEGENDARY
09.THE FINAL DANCE
10.TICKET TO PARADISE


Outras resenhas de Megalomania - Kissin' Dynamite

Kissin' Dynamite: Simplesmente, uma máquina de fazer hits

Kissin' Dynamite: Glam Rock/AOR com influências mais modernas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Liga a TV: músicos que foram revelados em programas de televisãoLiga a TV
Músicos que foram revelados em programas de televisão

Família: irmãos que tocam ou já tocaram juntos na mesma bandaFamília
Irmãos que tocam ou já tocaram juntos na mesma banda


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Kito Vallim

Kito Vallim, banger, economista, apaixonado por rock/metal. Metalhead que iniciou-se com bandas de metal melódico e logo expandiu sua paixão por todos os estilos de metal e hoje em dia não sabe nem dizer seu estilo favorito direito. Entusiasta do metal nacional e do underground, adora conhecer bandas novas e diferentes, busca divulgar bandas em sua fanpage do Facebook onde também comandam um podcast.

Mais matérias de Kito Vallim.