Matérias Mais Lidas

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemKirk Hammett relembra "Metallica x Napster": "avisamos todo mundo o que aconteceria"

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemApós resposta de Malmsteen, Jeff Scott Soto rebate guitarrista e diz que deseja paz

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemMalmsteen diz que Jeff Scott Soto foi expulso de seu show porque não pagou entrada

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones


Stamp

Overkill: Os 30 anos incendiários de "Feel the Fire"

Resenha - Feel The Fire - Overkill

Por David Torres
Em 21/04/15

Um dos melhores e mais importantes trabalhos da carreira dos norte americanos do Overkill completa hoje o seu 30°aniversário, o brilhante e incendiário "Feel the Fire", lançado em 15 de abril de 1985, através da gravadora Megaforce Records. Dono de uma singela, porém emblemática e imponente capa que já aponta o que ouvinte tem em mãos, "Feel the Fire" é um registro impecável do primeiro ao último acorde.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esse petardo se inicia lenta e progressivamente, até que os alto-falantes explodem com "Raise the Dead", uma faixa de abertura que é um legítimo arrasa-quarteirão, com seus "riffs" afiadíssimos, levada extremamente empolgante e vocais fenomenais. Nesse "debut", já é totalmente perceptível as influências do Metal tradicional concebido por monstros como Judas Priest e Iron Maiden, bem como do Punk Rock setentista na sonoridade desenvolvida pelo quarteto. Logo em seguida, temos um tremendo hino, "Rotten to the Core". Seus "riffs" marcantes e o nome da canção cantado em uníssono ao longo da música possuem um poder descomunal e que não deixa nenhum ouvinte indiferente. Um verdadeiro espetáculo!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Speed/Heavy/Thrash de "There’s No Tomorrow" dá continuidade ao disco com seus andamentos vertiginosos e seus trechos marcantes, permeados por sábias mudanças de andamento nos momentos propícios. A fabulosa "Second Son" é a quarta música do registro e recheada de sentimento em cada acorde. A voz sempre impecável de Bob "Blitz" Ellsworth transmite uma energia contagiante a cada estrofe cantada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem fazer o ouvinte perder o interesse, a intensa e devastadora "Hammerhead" não deixa pedra sobre pedra e entrega mais uma enxurrada de "riffs" implacáveis. A faixa título, "Feel the Fire", por sua vez, possui uma qualidade igualmente inquestionável, trazendo um baixo pulsante de D.D. Verni e alternâncias vocais fantásticas de "Blitz".

Trazendo ainda mais velocidade e fúria, "Blood & Iron" incinera ainda mais os alto-falantes com um desempenho descomunal dos músicos, assim como a esmagadora "Kill at Command", que na minha humilde opinião, é uma das melhores composições desse trabalho incorrigível, brindando o ouvinte com "riffs" excepcionais e portentosos, coros muito bem inseridos e que proporcionam um clima surreal e solos de guitarra alucinantes e repletos de "feeling".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para finalizar, "Overkill", a faixa que batiza o nome da banda, encerra esse grandioso álbum de estreia de maneira formidável, com um desempenho extraordinário de todos os integrantes, trazendo mais um belíssimo trabalho instrumental e um refrão sensacional. É importante mencionar que essa composição ganhou mais quatro sequências produzidas nos lançamentos posteriores. Com o relançamento de "Feel the Fire", foi incluída uma esmagadora faixa bônus, o excelente "cover" para "Sonic Reducer", da banda de Punk Rock The Dead Boys. Essa releitura criada pela banda trouxe ainda mais peso, velocidade e energia para uma música que já era ótima em sua versão original.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Overkill é dono de uma discografia repleta de grandes álbuns e "Feel the Fire" indubitavelmente é um dos trabalhos mais relevantes e essenciais de sua carreira. Aliás, de alguns anos para cá, a banda lançou uma sequência realmente invejável de trabalhos de estúdio, demonstrando que estão em plena forma e com muito poder de fogo. Quem não conferiu, deveria separar um tempo livre e dar uma conferida nesses trabalhos mais recentes, pois vale e muito a pena! E que continuem com todo esse pique! Os fãs e apreciadores agradecem!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Escrito por David Torres

01. Raise the Dead
02. Rotten to the Core
03. There's No Tomorrow
04. Second Son
05. Hammerhead
06. Feel the Fire
07. Blood and Iron
08. Kill at Command
09. Overkill
Faixa Bônus:
10. Sonic Reducer (The Dead Boys Cover)

Bobby "Blitz" Ellsworth (Vocal)
Bobby Gustafson (Guitarra)
D.D. Verni (Baixo)
Rat Skates (Bateria)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Grupo vocal dos anos 60 canta thrash metal com Overkill em impressionante mashup

Thrash: E se o Big Four fosse formado por Exodus, Testament, Overkill e Death Angel?Thrash: E se o "Big Four" fosse formado por Exodus, Testament, Overkill e Death Angel?

Kiss: 10 bandas de metal que gravaram covers do quartetoKiss: 10 bandas de metal que gravaram covers do quarteto

Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021




Sobre David Torres

Formado em Propaganda & Marketing, se autodenomina "Fanfarrão" graças ao seu senso de humor e modo de enxergar o mundo à sua volta. Apaixonado por filmes de terror, quadrinhos e bandas como D.R.I., Faith No More e Napalm Death, escreve também para o blog Blasting Noise Fanzine. Possui muitos sonhos, dentre eles dar início a um projeto de grindcore.

Mais matérias de David Torres.