Damon & Naomi: "Fortune", um álbum com emoção a flor da pele

Resenha - Fortune - Damon & Naomi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Rillo Bíscaro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Em 1987, o guitarrista Dean Wareham, o baterista Damon Krukowski e a baixista Naomi Yang formaram o GALAXIE 500 na prestigiosa Universidade de Harvard. A sonoridade lânguida, lenta, onírica, influenciada por THE VELVET UNDERGROUND, por sua vez prenunciou/influenciou os movimentos shoegazer e slowcore. Antes da dissolução, em 1991, o trio deixou uma trindade de álbuns:

Oh, não!: clássicos que foram "estragados" pelo tempoFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um

Krukowski e Yang - envolvidos também com publicação de textos surrealistas - seguiram fazendo música sob o nome DAMON & NAOMI. A fantasmagoria do GALAXIE 500, a dupla adicionou porções de dream pop, folk e uma pitadinha de twee. Diversas vezes colaborando com o guitarrista Michio Kurihara, da banda japa GHOST, eles vêm lançando delícias sonhadoras e acústicas desde então.

Em fevereiro, saiu Fortune, trilha sonora prum curta-metragem dirigido por Naomi. A vantagem é que o álbum se sustenta sozinho; a desvantagem é que pra se adequar à breve duração da película, algumas canções, como a abertura The Seeker, parecem incompletas. Fortune, porém, é tão homogêneo em seus menos de 30 minutos, que essa sensação de insaciedade é completada pelas demais 10 canções.

Violão, piano elétrico e percussão muito discreta compõem um álbum contemplativo, tranquilo e bastante emotivo. Damon e Naomi se revezam nos vocais; em algumas faixas compartilhados. O agudo de fada de Yang e o cantar embrumado de Krukowski só contribuem pro clima de imersão emocional de Fortune, confira It's Over e Amnesia como respectivos exemplos. Mas também parece estarmos ouvindo uma melodia dentro dum sonho, como melhor definir The North Light?

Tematizando os efeitos da perda dum ente amado, Fortune termina com Time Won't Own me, a mais longa com mais de 5 minutos, onde gotas de piano enredam-se com a malha de violão e percussão pra em dueto declarar a vitória de DAMON & NAOMI sobre a dor e concluir a jornada emocional e outro álbum maduro.

Tracklist
1. The Seeker
2. Amnesia
3. It's Over
4. Reflections
5. A Shining Dream
6. Shadows
7. Towards Tomorrow
8. Sky Memories
9. Hurt House
10. The North Light
11. Time Won't Own Me




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Damon & Naomi"Todas as matérias sobre "Galaxie 500"


Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

Fãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada umFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

Fotos de Infância: PanteraFotos de Infância
Pantera

Mike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DCBeatles: queriam filmar Senhor dos Aneis, mas Kubrick disse nãoLed Zeppelin: "John Henry Bonham, um bêbado raivoso"

Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Roberto Rillo Bíscaro é professor universitário e edita o Blog do Albino Incoerente desde 2009.

Mais matérias de Roberto Rillo Bíscaro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336