Matérias Mais Lidas

Marilyn Manson: Vou contar ao FBI tudo o que sei, diz atriz que se relacionou com eleMarilyn Manson
"Vou contar ao FBI tudo o que sei", diz atriz que se relacionou com ele

Steven Adler: por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em Rocket QueenSteven Adler
Por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em "Rocket Queen"

João Gordo: quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguarJoão Gordo
Quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguar

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

Metallica: papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo Enter SandmanMetallica
Papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo "Enter Sandman"

Jon Schaffer: semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadradoJon Schaffer
Semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadrado

Offspring: O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidadeOffspring
O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidade

AC/DC: por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideiaAC/DC
Por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideia

Neil Peart: por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike PortnoyNeil Peart
Por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike Portnoy

SOAD: Serj Tankian não gosta da palavra DeusSOAD
Serj Tankian não gosta da palavra "Deus"

Slash: fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nuaSlash
Fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nua

Behemoth: Nergal lança campanha é hora dos artistas lutarem, após condenaçãoBehemoth
Nergal lança campanha "é hora dos artistas lutarem", após condenação

Van Halen: quando eles tocaram Jump desastrosamente fora do tom em 2007Van Halen
Quando eles tocaram "Jump" desastrosamente fora do tom em 2007

Judas Priest: quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassouJudas Priest
Quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassou


Stamp

All That Remains: Grande amadurecimento na proposta instrumental

Resenha - Order of Things - All That Remains

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eder F. Santos, Fonte: Metal Rock and More
Enviar Correções  

A banda formada em Massachusets chega aos seus quinze anos de carreira e apresenta "The Order of Things", seu sétimo álbum de estúdio. O disco, que é distribuído pela Razor & Tie Records e teve produção de Josh Wilbur (com trabalhos no Lamb of God e Tenacious D), pode ser definido como um aperfeiçoamento da proposta existente em seu antecessor, "A War You Cannot Win" de 2012.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"The Order of Things" não apresenta a velocidade e o peso que marcaram os primeiros trabalhos, especialmente o terceiro disco "The Fall of Ideals", mas em compensação podemos conferir um grande amadurecimento na proposta instrumental da banda, especialmente nos solos do guitarrista Oli Herbert, que estão mais elaborados e atrativos se compararmos com os do último álbum. Outro fato que merece destaque é a maior presença de Jeanne Sagan nos vocais, especialmente nas faixas com maior apelo comercial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco abre com "This Probably Won’t End Well". A música tem início com o teclado que em seguida é acompanhado da guitarra base, posteriormente entra a guitarra solo de Hebert, tal combinação gera uma atmosfera incrível mas que termina assim que o vocal começa, e a faixa torna –se a mais fraca do play, chega a soar com uma música esquecida de ser colocada no álbum anterior. Na sequência "No Knock" faz as coisas melhorarem, uma das mais pesadas do disco, é um típico hardcore que narra o papel de quem vai dirigir o veículo em um plano de fuga. Em seguida "Divide" e "The Greatest Generation" são faixas típicas do metalcore que marca os últimos trabalhos banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"For You" chama bastante atenção com a calmaria proporcionada pela guitarra acústica. Outro destaque da balada é o belo solo executado por Hebert. "A Reason for Me to Fight" e "Victory Lap" novamente trazem o álbum para os trilhos da distorção, porém deixam a desejar com a falta de guturais por parte de Philip Labonte, especialmente a primeira. "Pernicious" de certa forma mantem a mesma pegada mas o que a difere das anteriores é a participação mais expressiva de Jeanne nos vocais. Em seguida "Bite my Tongue" e "Fiat Empire" fazem lembrar os primeiros discos da banda, a primeira por apresentar uma maior criatividade instrumental, e a segunda pela ótima performance de Labonte.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sequência "Tru-Kvlt-Metal" finalmente revela o All That Remains, que conquistou sua maior base de fãs. Com uma pegada muito semelhante a "This Calling", o maior clássico da banda, a letra discorre sobre a falta de senso crítico das pessoas. A faixa faz uma perfeita combinação de três fatores. Uma boa letra, um instrumental pesado e criativo, além de guturais na medida certa.

"Criticism and Self Realization", faixa que encerra o álbum, acaba deixando a desejar em um desses fatores. A letra que em um primeiro momento deixa entender que vai seguir com o protesto anterior, acaba se tornando em uma mensagem com pouco sentido concreto. No restante é uma das melhores do álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Order of Things apresenta – se como um disco mais técnico e criativo se compararmos com seu antecessor, porém isso custou uma perda de peso nas músicas. Se a mudança foi pra melhor ou pra pior, cada um pode ouvir e ter suas próprias conclusões.


publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metalcore: nove razões para você adorar o estiloMetalcore
Nove razões para você adorar o estilo

Nickelback: baixista diz que é um elogio ser comparado ao MetallicaNickelback
Baixista diz que é um elogio ser comparado ao Metallica

Metalcore: 13 músicas que um fã de death metal deve gostarMetalcore
13 músicas que um fã de death metal deve gostar


Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose


Sobre Eder F. Santos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.