Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado

imagemShow do Dream Theater em São Paulo não será mais realizado no Pavilhão Pacaembu

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemRob Trujillo presta tributo ao Rage Against The Machine após shows em Nova Iorque


Stamp

Far From Alaska: Uma grande revelação da cena brasileira

Resenha - modeHuman - Far From Alaska

Por Marcelo Reis Filho
Em 02/10/14

Nota: 8

Como definir o som da banda Far From Alaska? Realmente, não temos como classificar o som da banda, já que este recebe influência de diversos estilos. Apenas podemos ter certeza da qualidade de seu trabalho. Tendo seu início em 2012, a banda não decepciona os seus ouvintes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"modeHuman" é o segundo lançamento da banda, contando com 11 faixas inéditas e 4 músicas que já tinham sido lançadas no EP "Stereochrome" em 2012, mas que foram regravadas para esse novo disco. Confira a resenha do disco faixa por faixa:

1- Thievery: uma ótima abertura para um ótimo disco. Esta faixa aparece em uma versão superior a lançada em 2012.

2- Deadmen: essa faixa mantém a qualidade do registro. A música demonstra ser "pegajosa" logo na primeira vez em que se ouve.

3- Dino vs. Dino: uma das melhores, se não a melhor faixa deste registro. Essa faixa destaca-se em todos os seus aspectos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4- Politks: essa música começa com uma linda sessão de lap steel. A partir deste ponto percebemos a variedade que a banda tem a oferecer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5- Another Round: torna-se difícil não se repetir quando a banda consegue manter a alta qualidade até a quinta faixa.

6- About Knives: essa faixa não destaca-se tanto quanto às anteriores, mas isso não a torna ruim.

7- Rolling Dice: outra ótima faixa. Destaque para Cris Botarelli e seu lap steel dessa vez.

8- Mama: o registro mantém sua qualidade. Destaque para o vocal de Emmily Barreto. Essa faixa também esteve presente no EP de 2012.

9- Greyhound: uma das melhores faixas desse disco. A banda destaca-se como um todo nessa música.

10- Communication: riffs certeiros e um ótimo refrão compõem essa música, seu ritmo é contagiante. Um dos destaques desse ótimo disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

11- The New Heal: uma das faixas que estiveram presente no EP "Stereochrome", a faixa realmente começa perto dos 30 segundos. A música tem seus altos e baixos.

12- Tiny Eyes: o disco aproxima-se de seu fim, mas não perde a qualidade. Essa faixa pode ser apontada com uma das melhores desse registro, o sintetizador de Botarelli e a guitarra de Rafael Brasil demonstram alta qualidade.

13- ModeHuman Pt. 1: a faixa mais curta do álbum, não passando dos dois minutos. Essa música demonstra ser a única que não mantém a alta qualidade.

14- Rainbows: uma boa faixa, apesar de não se destacar em relação as demais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

15- Monochrome: o épico de um pouco mais de 9 minutos encerra o disco. Todos os integrantes da banda destacam-se nesse encerramento.

Tracklist:
1. Thievery
2. Deadmen
3. Dino Vs Dino
4. Politiks
5. Another Round
6. About Knives
7. Rolling Dice
8. Mama
9. Greyhound
10. Communication
11. The New Heal
12. Tiny Eyes
13. ModeHuman Pt. 1
14. Rainbows
15. Monochrome


Outras resenhas de modeHuman - Far From Alaska

Resenha - modeHuman - Far From Alaska

Resenha - modeHuman - Far From Alaska

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net



publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Os dois estilos mais ousados que o rock hoje em dia, segundo Far From Alaska

O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais

Iron Maiden: o vocal que quase substituiu Bruce Dickinson em 93


Sobre Marcelo Reis Filho

Estudante de jornalismo e apreciador de música, independente de seu gênero ou origem. Colaborador do Whiplash.Net desde 2013, já publicou coisas que se arrepende e algumas outras com seu valor. Sempre em busca do crescimento técnico na atividade jornalística e de informações relevantes aos leitores.

Mais matérias de Marcelo Reis Filho.