Anthrax: Um dos grandes álbuns de metal dos anos noventa

Resenha - Sound of White Noise - Anthrax

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Por definição técnica, “Ruído Branco” é o fenômeno de convergência de todas as frequências sonoras em um único fluxo sonoro, assim como a luz branca é a síntese de todas as possibilidades cromáticas. Cientificamente, trata-se apenas de um efeito físico sem maiores repercussões; para ouví-lo basta sintonizar em um canal televisivo qualquer fora do ar. Mas, se como disse PICASSO, “o maior inimigo da criatividade é o bom senso”,o fenômeno da voz eletrônica (EVP, do original em inglês), teoria que afirma ser o ruído um canal de comunicação com o sobrenatural, fez muita gente deixar a tv ligada, virou filme, assolou o Youtube e, claro, provocou uma raiva danada nos meios científicos ultra conservadores.
1831 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosDream Theater: os segredos do álbum Octavarium

“Potter´s Field”, a faixa que abre “Sound of White Noise”, primeiro registro do ANTHRAX com JOHN BUSH, é precedida por um ruído branco; e que se segue pareceu, àquela altura, algo realmente de outro plano. Alicerçados pela produção musculosa de DAVE JERDEN (ARMORED SAINT, ALICE IN CHAINS, JANE´S ADICCTION) ,o disco registra uma banda disposta a investir no então emergente metal alternativo sem perder o código genético pelo caminho; moldada pela cortina de chumbo de BENANTE e FRANK BELLO, as guitarras de SCOTT IAN e DAN SPITZ soam como britadeiras para a costura sinistra de BUSH- então no auge de seu potencial vocal.

“Se não surpreende tanto, é diferente o suficiente para lembrar que dentro dos parâmetros circunscritos da etiqueta thrash etiqueta, o ANTHRAX sempre teve êxito. E quantas bandas de qualquer gênero reinventaram-se com sucesso em uma década de carreira? Nesse sentido, “Sound of White Noise” é o retorno poderoso de um grupo que nunca foi embora”, resenhou TOM SINCLAIR para a Rolling Stone. A verdade é que, se as fases de NEIL TURBIN e BELADONNA representam piquetes do metal oitentista, “Sound” funciona como um vetor entre o BLACK FLAG e o THERAPY?, colocando de lado parte da própria história em prol de construções contemporâneas como as destiladas "Invisible”, “Only” e Room for One More". O álbum é permeado pelo clima cinzento, soturno e separatista com relação a “Among the Living”; estabelece um reduto bem demarcado onde composições como “Black Lodge” ou “Burst” tenham a consistência necessária para aplacar a indiferença das viúvas dos anos 80.

“É verdade, “Sound of White Noise” não é inigualável, mas devolveu ao ANTHRAX seu posto ao lado de METALLICA e MEGADETH, que é o seu direito de primogenitura”, cravou a Allmusic. Para mim, foi além: “Sound” é um dos grandes álbuns de metal dos anos noventa.

1. "Potter's Field" – 5:00
2. "Only" – 4:56
3. "Room for One More" – 4:54
4. "Packaged Rebellion" – 6:18
5. "Hy Pro Glo" – 4:30
6. "Invisible" – 6:09
7. "1000 Points of Hate" – 5:00
8. "Black Lodge"
9. "C11H17N2O2S Na" – 4:24
10. "Burst" – 3:35
11. "This is Not an Exit" – 6:49

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Sound of White Noise - Anthrax

1288 acessosAnthrax: 22 anos do primeiro álbum com John Bush nos vocais3862 acessosTradução - Sound Of White Noise - Anthrax

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 28 de abril de 2014

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2069 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

OnslaughtOnslaught
Ex-vocal do Anthrax é demitido por não cantar direito

Big FourBig Four
"A imprensa foi responsável pela rivalidade!"

MetallicaMetallica
E se "Hardwired" fosse do Slayer, Pantera, Anthrax ou Megadeth?

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

Dream TheaterDream Theater
Os muitos segredos do álbum "Octavarium"

Bon JoviBon Jovi
O mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"

Judas PriestJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

5000 acessosMetal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia5000 acessosTony Iommi: opiniões sobre Dio, Rhoads e Halford5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série4335 acessosIron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhor5000 acessosTestament: vocalista comenta experiência mística5000 acessosAndreas Kisser: com Sandy, hits em versão metal na TV

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online