Dusty Old Fingers: ópera-rock baseada na história de Brian Jones

Resenha - Man Who Died Everyday - Dusty Old Fingers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Stefanoni
Enviar Correções  

8


CD-debut dos paulistas é uma ópera-rock baseada na trajetória de Brian Jones, fundador e primeiro guitarrista dos Rolling Stones.'

Slayer: "Raining Blood" é brutal, mesmo com a bateria da Barbie

Iron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Sim, é uma ópera-rock, mas não se assuste. Tudo aqui é bem colocado, estudado milimetricamente para combinar com a temática proposta. Não há exageros ou virtuose explícita, o que o grupo pratica é um Rock'n'Roll, ora com tempero Blues e ora mais Hard, sempre com 'feeling' em primeiro plano. Inserções bem colocadas de gaita, vozes de apoio femininas, slide guitar e efeitos de wah-wah garantem a diversão enquanto se acompanha no encarte as letras bem escritas pelo guitarrista Tony Monteiro, abordando os altos e baixos da vida de Brian Jones. Claro, a música acompanha o momento. Na alegria é um som mais energético e pra cima e em nos momentos melancólicos a psicodelia entra em cena. Tudo dosado de personalidade e muito bom gosto.

Fabiano Negri (vocais e guitarra), Tony Monteiro (guitarra e violão), Joni Leite (baixo e harmônica), Rick Machado (bateria/percussão) e Marcelo Diniz (teclados) acertaram por não esconder a referência principal: Rolling Stones. Portanto, se curte Stones e aprecia Classic Rock no geral, o Dusty Old Fingers é uma grande pedida. Esses caras sabem mesmo o que estão fazendo. Que não fique só nesse e que venham mais 'óperas-rock' com histórias de outras lendas do Rock: fica a dica!

https://www.facebook.com/DustyOldFingers
http://www.dustyoldfingers.com
https://soundcloud.com/dustyoldfingers
[email protected] e [email protected]

Track-list:
01 My Best Enemy
02 The World at My Feet
03 Blondie Hair, Baby Face
04 Librae Solid Denarii
05 Everthing That I Want
06 Lost Eyes
07 Dirty Hands
08 Going to Hell
09 A Shadow Of Myself
10 The Man Who Died Everyday


Outras resenhas de Man Who Died Everyday - Dusty Old Fingers

Resenha - Man Who Died Everyday - Dusty Old Fingers




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slayer: Raining Blood é brutal, mesmo com a bateria da BarbieSlayer
"Raining Blood" é brutal, mesmo com a bateria da Barbie

Iron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008Iron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008


Sobre Marcelo Stefanoni

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin