Out Of Decay: mais agressividade, menos groove, menos tendencioso

Resenha - Arising Of Lost Souls - Out Of Decay

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


Banda alemã formada em 2008 que segue a linha Melodic Death Metal/Metalcore, o Outo Of Decay prova a diferença do Metal moderno europeu em relação ao norte-americano. Isto é, o som do antigo continente possui mais agressividade e menos ‘groove’, além de soar menos tendencioso.

Contando com dois vocalistas, Nils no gutural e Bastian no limpo, a banda corre o risco em misturar brutalidade com alguns refrãos mais ‘light’. Aliás, o timbre de Bastian salva um pouco já que lembra Matt Barlow (ex-Iced Earth). Outro fator importante é que o instrumental soa pesado o tempo todo, não dando espaço para passagens pop.

publicidade

Com guitarras carregadas, cheio de riffs potentes, a banda manda muito bem. Mesmo o excesso de melodia em algumas músicas, não tira o brilho do peso. A cozinha é consistente, mas nada excepcional, fazendo seu trabalho certinho. A produção é muito boa e condiz com a modernidade do som.

Destaque para as faixas Society Of Death, que possui um forte refrão, Voices e sua boa melodia, além de War que possui ótimo trabalho de guitarras. Não há nada de excepcional no disco e depois de várias ouvidas pode soar até enjoativo. Mas pode ter certeza que fará a festa da nova geração do Metal.

http://www.outofdecay.de.vu/
http://www.facebook.com/outofdecayband

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Osama Bin Laden: O que havia na sua coleção de cassetes?Osama Bin Laden
O que havia na sua coleção de cassetes?

Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin