Buckcherry: "Confessions", mais um disco sólido na discografia

Resenha - Confessions - Buckcherry

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Carlos H. Silva
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Buckcherry não é uma banda muito conhecida aqui no Brasil, mas faz um som de muita qualidade e talvez falte um ou dois grandes hits para se tornar um grupo maior por aqui.
5000 acessosMemoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandas5000 acessosGuns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise City

A banda existe desde 1995, Confessions (2013, via Century Media) é o seu sexto álbum de estúdio e foi produzido pela própria banda.

Os caras pisam fundo naquele tipo de hard rock 'n' rollzeado americano com muita influência de Aerosmith (antigo) e uma pegada bastante forte de influência dos australianos do AC/DC, mas sem nunca soar como cópia de nenhuma delas.

A banda é formada por Xavier Muriel (bateria), Jimmy Ashhurst (baixo), Stevie D. (guitarra-base) e a dupla principal: o vocalista Josh Todd e o guitarrista solo Keith Nelson, responsáveis pela maior parte das composições da banda.

Confessions é bastante sólido e mantém o padrão de bons discos na discografia da banda.

Wrath pode ser usada como exemplo de como é o som deles: pesado, melódico e com poder radiofônico. Mas o primeiro single ficou com a faixa de abertura Gluttony, outra ótima canção.

Outros destaques ficam por conta de Seven Ways to Die, a semi-balada Pride e Water, que tem um interessante solo de guitarra.

The Truth é a grande balada do disco e pode (e deve) ser usada como single. Air é daqueles "big rocks" empolgantes, característica da banda, e Sloth tem um clima grandioso, teatral. Sem dúvida uma das mais legais do álbum.

Ainda falta ao Buckcherry, após quase 20 anos de estrada, para se tornar uma banda realmente grande, um disco indispensável na discoteca básica de fãs de hard rock, além de outras grandes canções que se tornam hits, como Lit Up, faixa do primeiro álbum, de 1999.

Algo interessante em Confessions e que certamente eleva a banda a outro nível é o fato de que as letras da banda sempre giraram em torno de festas, rock 'n' roll, mulheres, sexo, mas desta vez Todd e companhia escreveram um álbum conceitual: o tema do disco gira em torno dos sete pecados capitais - por isso faixas com nomes como Pride, Envy, Greed e etc.

Um bom disco que certamente pode ser ouvido do início ao fim sem pular nenhuma faixa e sem perder o pique.

Originalmente em:
http://www.facebook.com/ThatRockMusicBlog
http://www.thatrockmusicblog.blogspot.com.br/

01 – Gluttony
02 – Wrath
03 – Nothing Left But Tears
04 – The Truth
05 – Greed
06 – Water
07 – Seven Ways To Die
08 – Air
09 – Sloth
10 – Pride
11 – Envy
12 – Lust
13 – Dreamin Of You

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Buckcherry"

Velvet RevolverVelvet Revolver
Os vocalistas já cogitados para a banda

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Buckcherry"

Bandas de rockBandas de rock
O logo pode ser tão memorável quanto o maior hit

Guns e SabbathGuns e Sabbath
Semelhanças entre faixas clássicas das bandas

Collectors RoomCollectors Room
Uma das mais invejáveis coleções de metal do Brasil

5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)5000 acessosO Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?5000 acessosSteven Tyler: "nunca esquecerei a audição para o Zeppelin"5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e Miguel Falabella5000 acessosBill Ward: a receita para sobreviver no ramo da música5000 acessosKiss: o Brasil acreditava que a banda matava pintinhos nos shows

Sobre Carlos H. Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online