Cauterization: banda impressiona logo na primeira demo

Resenha - Males Infestus - Cauterization

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por José Antonio Alves
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Cauterization vem trilhando seu caminho na cena metálica nacional desde 2008, e finalmente no ano de 2011 lançou sua primeira demo, "Males Infestus". Aliás, que demo! A banda composta por Maysa Rodrigues (vocais/guitarra), Well Moía (baixo/backing vocals) e Trojillo Jr (bateria) é oriunda de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, e nos apresenta um "blackened death metal" que impressiona logo de cara!
5000 acessosCarlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"5000 acessosLemmy: "Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"

Começando por uma belíssima arte da capa, assinada por Marcelo Vasco, que já trabalhou em artes de bandas como Belphegor, Dimmu Borgir, Vader, Korzus, entre outras, não teria como o petardo começar melhor. São só três músicas e uma introdução, pouco mais de treze minutos que nos deixam com um gosto de "quero mais" e que brinda os fãs com uma brutalidade genuinamente brasileira.

Uma breve introdução prepara o terreno para a destruidora "Infernal Battlefield", um verdadeiro campo de batalha infernal que nos mostra riffs velozes, baixo bem colocado e uma cozinha avassaladora comandada por Trojillo Jr. Há alguns meses mostrei esta música para um conhecido que me passou sua impressão: "Puxa, riffs matadores, batera animal....e esse vocalista, que monstro, de que país é?". Minha pronta resposta: "É uma mulher, e brasileira!". Sim, os trabalhos vocais de Maysa Rodrigues são impressionantes, assim como os backings de Well Moía, que casam perfeitamente.

A faixa título "Males Infestus" segue a mesma linha, com ótimas melodias, extremo como deve ser, demonstrando boas variações e muita competência instrumental. Para fechar a "desgraceira", "Triumphal Obscuressence" só exalta ainda mais o que já foi dito até aqui, um dos destaques deste trabalho, sem dúvidas.

Vale exaltar a excelente qualidade de gravação do trabalho, algo de alto nível que só nos deixa na expectativa do primeiro full-length desta banda que ainda fará muito barulho se seguir esta linha mais que profissional que adota. Eis um verdadeiro tapa na cara daqueles que (ainda) acham que o Brasil não pode exportar Metal Extremo de qualidade.

Tracklist:

1. Unpurification Ov Sacred
2. Infernal Battlefield
3. Males Infestus
4. Triumphal Obscuressence

Formação:

Maysa Rodrigues - vocais/guitarra
Well Moía -baixo/backing vocals
Trojillo Jr - bateria

Contatos:

http://www.myspace.com/cauterizationhorde
http://www.facebook.com/Cauterization?fref=ts

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Males Infestus - Cauterization

898 acessosCauterization: Demo que pode ser o melhor lançamento do ano

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Cauterization"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cauterization"

MirandaMiranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

MotorheadMotorhead
"Radiohead e Coldplay não são rock"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Andre Matos e Steve Perry

5000 acessosRock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 19855000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas5000 acessosClassic Rock: os 50 maiores álbuns de rock progressivo2964 acessosNa teoria: e se álbuns Black e Death virassem livros infantis?5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo4057 acessosTecnologia: quanto mais tempo durarão os downloads de música?

Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online