Land of Fog: uma grata revelação que nos chega agora

Resenha - Heathen Tales - Land of Fog

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Definitivamente, em se tratando de Metal, o Brasil se encaixa com perfeição nas palavras quase proféticas de Pero Vaz de Caminha em sua carta que comunicava a Portugal a descoberta de nosso país: ' E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo, por bem das águas que tem', pois o Brasil é um celeiro de bandas de todos os estilos, em uma situação que poucos países no mundo podem se colocar. E isso em todo território nacional.
5000 acessosMetal: você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 15000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas

Uma grata revelação que nos chega agora é o sexteto de Carlos Barbosa (RS) LAND OF FOG, que chega com seu ótimo debut 'Heathen Tales', via Höllehammer Recods.

A banda aposta em um Pagan Black Metal de muita categoria, investindo em uma fórmula que agrega a brutalidade e peso do Black Metal, mas com todas as nuances e elementos do Pagan Metal, ou seja, uma sonoridade híbrida e intensa, capaz de satisfazer os ouvidos mais exigentes em ambos os termos e sem traumas, com a união de vocais rasgados e outros mais focados nas impostações pagãs, e alguns corais femininos muito bons, guitarras roncando pesadas e intensas em riffs rasgados, mas sabendo não negar à música doses de melodias necessárias, baixo e bateria mantendo o peso e coesão sonora da base rítmica se problemas, um trabalho de teclados muito bem feito e que confere à música pompa e uma climática pagã forte e belas incursões de flautas muito bem postadas aqui e ali..

Produzido pelo próprio grupo, e tendo a gravação, mixagem e masterização feitas pelas mãos de Roger Fingle no Estúdio Nitro, o trabalho ficou em alto nível, mostrando com clareza a sonoridade da banda sem problemas, mas deixando tudo coeso e pesado, sem buracos. A arte da capa é muito boa, em um belíssimo formato Digipack, e ambienta o ouvinte desde a primeira olhada, preparando-o para o que ele irá ouvir e sentir ao pôr o CD para tocar.

Ao ouvirmos o conteúdo sonoro da banda com detalhes, percebemos que a riqueza musical e os arranjos são muito bem cuidados, mas ao mesmo tempo, a banda evita ficar burilando mais do que necessário sua música, o que é um ponto muito favorável, e permite que as músicas soem diferentes umas das outras. Isso mantém o nível do trabalho coeso e alto, com destaques em 'Grendel', uma música bem trabalhada, com guitarras ótimas e os vocais sensacionais em sua alternância; a empolgante 'The Fervor of the Battle', ´com seu andamento não tão veloz permitindo que a música seja bem mais palatável, e com os teclados e flauta dando um acabamento pomposo; a um pouco mais melancólica 'The Ones Who Choose the Dead'; a intensa e mais agressiva 'Forefathers', com andamento moderado, com a "zaga" baixo-bateria mostrando força e pegada sob uma cama bem cuidada de teclados; a climática 'Nothing Else Matters, Just Revenge', que justamente por tratar de um tema tão mal visto pela maioria das pessoas, que é a vingança (mas que todo mundo quer ter contra alguém, mas não admite abertamente), tem uma energia agressiva bem sensível, e que mostra uma energia muito grande, com destaques para as guitarras; a cadenciada 'Land of South'; a ótima 'My Spirit Flies Free', e a menos elétrica e cantada por um vocal feminino 'L'Ultima Battaglia'.

Definitivamente, com tantas bandas ótimas surgindo assim de Norte a Sul do país, é incrível como ainda não somos uma potência no que se refere à cena Metal nacional.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

E não deixem de conferir e conseguir suas cópias, pois é um trabalho fantástico.

Heathen Tales - Land of Fog
(2012 - Höllehammer Records - Nacional)

Tracklist:

01. Grendel
02. The Fervor of the Battle
03. The Ones Who Choose the Dead
04. Forefathers
05. Heathen Tales
06. Mother Land
07. Nothing Else Matters, Just Revenge
08. Thirteenth Warrior
09. Land of South
10. Screaming for the Gods
11. My Spirit Flies Free
12. L'Ultima Battaglia

Formação:

Icedshield - Flautas, vocais
Strongcold - Guitarras
Stormbringer - Guitarras, guitarras acústica
Hymnushiems - Teclado
Triumphsword - Bateria, percussão, vocais
Wintershadow - Baixo
Tera Tieppo - Vocais femininos em 'L'Ultima Battaglia' (convidada)
Mantus - Guitarra solo em 'Grendel', 'Forefathers', 'Mother Land' e 'My Spirit Flies Free' (convidado)

Contatos:

https://www.facebook.com/landoffogofficial
http://www.myspace.com/landoffog
http://www.hollehammer.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Land of Fog"

MetalMetal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

CuriosidadesCuriosidades
As histórias por trás de 11 capas clássicas

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

5000 acessosPantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell5000 acessosHeavy Metal: "cristãos podem aprender muito com o gênero"5000 acessosTop 5: Os roqueiros mais chatos da história5000 acessosRobert Plant: vídeo da sensacional nova versão de "Black Dog"3865 acessosKiss: veja Gene Simmons em cosplay de Sidney Magal5000 acessosFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online