Grave: realmente nunca decepcionam seus fãs

Resenha - Endless Procession of Souls - Grave

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  


Algumas bandas, para nossa alegria, realmente nunca decepcionam seus fãs. E esse é o caso do Grave, que é uma verdadeira instituição do death metal, e mesmo com um longo período de estrada, sempre consegue lançar discos consistentes e seguindo a mesma linha, sem nunca abandonar o estilo que os consagrou.

E "Endless Procession of Souls" é a prova viva de que a banda está em sua melhor forma, em um dos melhores lançamentos de sua carreira.

publicidade

Embora não haja muitas mudanças na sonoridade dos caras, o death metal cru e tradicional perpetrado está cada vez mais cativante e maduro, primando pela qualidade musical e pelo peso absurdo do que por exageros técnicos ou excessos de velocidade, inclusive incluindo alguns elementos de doom metal que deixam tudo ainda mais interessante.

Assim, pedradas como "Amongest Marble of the Death" (com linhas vocais de cair o queixo), "Disembodied Steps" (uma das mais legais e soturnas do disco, com riffs fantásticos), "Passion of the Weak" (talvez a mais brutal do material) e "Plague of Nations" (com cara de trilha sonora de filme gore) têm tudo para se tornarem clássicos imediatos da banda.

publicidade

Sem dúvida, um dos grandes discos da carreira da banda, e entre os melhores do metal extremo em 2012. Não deixe de conferir.

Endless Procession of Souls - Grave
(Red General - 2012)

1. Dystopia
2. Amongst Marble and the Dead
3. Disembodied Steps
4. Flesh Epistle
5. Passion of the Weak
6. Winds of Chains
7. Encountering the Divine
8. Perimortem
9. Plague of Nations
10. Epos

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Darkened: banda de integrantes de conhecidas bandas death lança debut


Discórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin