Blood Of Kingu: fortes influências dos sons tribais

Resenha - Sun In The House Of The Scorpion - Blood Of Kingu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro Humangous
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se os Deuses africanos se unissem para fazer um som, possivelmente essa banda seria o Blood Of Kingu. Formado na Ucrânia, o grupo pratica um Black Metal muito bem feito, baseado na mitologia egípcia, suméria e tibetana.

Lemmy: "Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"Oito razões pra dormir com um baterista

Fortes influências dos sons tribais, tanto na parte da percussão quanto nas inserções vocais e ambientações. Ao final de várias faixas é possível acompanhar um som típico de tribos indígenas, aquelas usadas em rituais sinistros. Característica essa, bem atípica em termos de Black Metal. Tudo aqui é muito obscuro, desde a arte da capa até o timbre mórbido das guitarras. Falando um pouco do som, os vocais, apesar de abafados, agradam bastante e me lembraram um pouco os guturais de Mikael Akerfeldt, do Opeth. A bateria, quando mais cadenciada e variada, é bem interessante e agradável. Porém, quando resolve apelar para os blast beats, torna-se cansativa e irritante. Apesar desses detalhes, o álbum é bem produzido, e após alguns minutos de audição você acaba se acostumando. As faixas seguem mais ou menos o mesmo padrão, com muita agressividade, rispidez e impiedade. Com exceção da penúltima faixa intitulada "Morbid Black Dreams Bringing Madness", que é totalmente instrumental, precedendo o fim desse terrível massacre, no bom sentido claro. Ao tentarem voltar às raízes do Black Metal, o Blood Of Kingu acaba criando uma nova sonoridade e mostra que tem muito a acrescentar nesse estilo já bastante saturado.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blood Of Kingu"


Lemmy: Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!Lemmy
"Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"

Oito razões pra dormir com um bateristaOito razões pra dormir com um baterista
Oito razões pra dormir com um baterista

Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?E-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?Mike Bordin: "Regravar partes de álbuns de Ozzy foi uma m*rda"Música clássica: Bach, Beethoven e Vivaldi em versão Metal

Sobre Pedro Humangous

Pedro Humangous, 28 anos, publicitário headbanger. Dono e editor chefe da revista Hell Divine. Santista apaixonado por música e uma boa cerveja. Atualmente reside em Brasília e não poupa esforços para fazer o metal se fortalecer no país. Já colaborou com as revistas portuguesas Versus e Horns Up, além da coluna "Rolo Compressor" na rádio Nucleo Base. Colecionador de CD's, DVD's, Livros e Action Figures, concentra suas forças no metal extremo, sem deixar de lado os demais estilos. Fanático por Opeth, Iron Maiden, Trivium, Kreator, Dream Theater, Baroness, Suicide Silence, entre tantas outras. Siga: @PedroHumangous

Mais matérias de Pedro Humangous no Whiplash.Net.