4ARM: Desconhecida no Brasil, mas chamando atenção lá fora

Resenha - Submission for Liberty - 4ARM

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Convenhamos que a Austrália não tem como tradição criar boas bandas de thrash metal. Contudo, formada nas terra dos cangurus, o 4ARM surgiu em 2004, com a proposta de trilhar seus caminhos por este estilo, e acaba de colocar no mercado seu 3º disco, o excelente "Submission for Liberty", e, apesar de praticamente desconhecida no Brasil, tem chamado a atenção do público no exterior.

Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateKiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"

E que fique claro desde já: o som da banda não é nada original, tendo influências claras de outras bandas, em especial de SLAYER e KREATOR. Inclusive, os vocais de Danny Tomb (que também toca guitarra) são muito parecidos com os de Tom Araya em alguns momentos. Mas mesmo assim os caras mostram muita qualidade e paixão pelo estilo, transbordando agressividade em cada faixa do novo material.

Técnico, pesado e muito agressivo, o som do quarteto chama a atenção logo de cara, e deverá cair nas graças dos thrashers de plantão, e faixas como "While I Lay Awake" (pesadíssima, e com várias mudanças de andamento bem interessantes); "Submission for Liberty" (com os melhores riffs do disco, e com uma levada insana e bem "old school", no melhor estilo SLAYER), "Raise a Fist" e "My Father Eyes" (com um ótimo groove) demonstram todo o poderio de fogo da banda.

A qualidade de gravação do material também é excelente, mesclando qualidade com brutalidade na medida certa, deixando o tudo bem "na cara" e agressivo.

Enfim, trata-se de um disco muito bom, e que com certeza irá fazer a banda galgar mais alguns passos à frente em sua carreira, embora para o futuro seja conveniente deixarem de lado as influências expressas de SLAYER, e seguirem um caminho mais próprio. Mas se você apenas procure por boa música, e não por originalidade, é um prato cheio.

Submission for Liberty - 4ARM
(2012 - Importado)

Formação

Andy Hinterreiter - Bass
Michael Vafiotis - Drums
Johnny Glovasa - Guitars (lead)
Danny Tomb - Vocals, Guitars (rhythm)

Tracklist:

1. Sinn Macht Frei
2. While I Lay Awake
3. Raise a Fist
4. Submission for Liberty
5. The Oppressed
6. I Will Not Bow
7. Taken Down
8. My Fathers Eyes
9. The Warning
10. Blood of Martyrs




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "4ARM"


Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Kiss sobre Secos e Molhados: há quem acredite em OVNIsKiss sobre Secos e Molhados
"há quem acredite em OVNIs"

Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockPink Floyd
As 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Zoltan Chaney: o baterista mais insano que existe?Guitarras: as 10 melhores guitarristas de todos os tempos

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.