Andre Matos: Maturidade musical ainda maior

Resenha - Turn of the Lights - Andre Matos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Mesmo com o retorno providencial e transitório do VIPER, Andre Matos não deixou de lado sua carreira solo, e acaba de voltar à ativa com um novo lançamento, "The Turn of the Lights", com algumas mudanças na formação. E esse terceiro disco vem para consolidar de vez a carreira solo do vocalista, demonstrando uma maturidade musical ainda maior do que em relação aos discos anteriores.

Andre Matos: segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira soloVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contando com a produção de Brendan Duffey e Adriano Daga, que deixou a sonoridade do material bem encorpada e consistente, "The Turn of the Lights" é, de longe, o disco mais variado da carreira do músico (o que não significa que seja o melhor, que fique claro!).

A banda conta com na formação atual, além de Andre e seu fiel escudeiro Hugo Mariutti, o guitarrista Andre Hernandes, o baixista Bruno Landislau, e o baterista Rodrigo Silveira,

O disco varia entre momentos mais pesados e voltados ao power/melodic metal que marcaram a carreira de Andre, como na excelente abertura "Liberty", assim como em "Course of Life", "Unreplaceable", "Oversoul" e "Light-Years", que contam com belos riffs, passagens intrincadas, e com Andre mostrando todos os predicados que o levaram a ser considerado um dos maiores vocalistas da história do metal brasileiro, e mesmo com mais de 25 anos de carreira, consegue cantar como se ainda estivesse iniciando.

Contudo, há outros momentos mais experimentais e repletos de influências variadas, como na faixa título, com uma bateria bem tribal, e ótimas melodias; "Gaza", bem climática e com influências setentistas, lembrando o que Andre fez na época do VIRGO; "On Your Own", que alia peso e melodia com muita naturalidade; e a balada "Sometimes", que encerra o disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em virtude desta maior variedade de influências, o disco não é de fácil assimilação logo de cara, mas após algumas poucas audições mais apuradas acaba por mostrar todas as suas qualidades e, embora não seja nem de longe o melhor álbum já lançado pelo músico, é um disco bem legal de se ouvir, que foge do lugar comum, e com certeza não desapontará os fãs.

The Turn of the Lights – Andre Matos
(2012 – Azul Music - Nacional)

1. Liberty
2. Course of Life
3. The Turn of the Lights
4. Gaza
5. Stop!
6. On Your Own
7. Unreplaceable
8. Oversoul
9. White Summit
10. Light-Years
11. Sometimes


Outras resenhas de Turn of the Lights - Andre Matos

Resenha - Turn Of The Lights - Andre MatosResenha - Turn Of The Lights - Andre Matos



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira soloAndre Matos
Segunda parte de documentário comenta Shaman e carreira solo

Andre Matos: Novo site oficial do fã-clube é divulgado

Angra: Kiko Loureiro e Marcelo Barbosa fazem live sobre racismo na música hoje (11)Angra
Kiko Loureiro e Marcelo Barbosa fazem live sobre racismo na música hoje (11)

Kiko Loureiro: veja a capa de Open Source, o novo álbum solo do guitarristaKiko Loureiro
Veja a capa de Open Source, o novo álbum solo do guitarrista

Aliquid: Confira vídeo de "Angels Cry" em homenagem a Andre Matos

Andre Matos: Gus Monsanto e Fleesh homenageiam o vocalistaAndre Matos
Gus Monsanto e Fleesh homenageiam o vocalista

Andre Matos: um ano sem o inesquecível e genial maestroAndre Matos
Um ano sem o inesquecível e genial maestro

Andre Matos: Documentário revela seu lado mais humano fora dos palcos; assistaAndre Matos
Documentário revela seu lado mais humano fora dos palcos; assista

Andre Matos: Luis Mariutti homenageia vocalista com fotos e vídeo emocionanteAndre Matos
Luis Mariutti homenageia vocalista com fotos e vídeo emocionante

Andre Matos: o adeus ao maestroAndre Matos
O adeus ao maestro


Kiko Loureiro: guitarrista comenta a morte de William LeeKiko Loureiro
Guitarrista comenta a morte de William Lee

Kiko Loureiro: Sou integrante da banda, não músico de apoioKiko Loureiro
"Sou integrante da banda, não músico de apoio"


Voz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)Voz
10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)

Metallica: Trujillo e seus primos, membros de ganguesMetallica
Trujillo e seus primos, membros de gangues


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280